Frentzen: Da Fórmula 1 para os carros funerários

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Durante 9 anos, Heinz-Harald Frentzen passeou a sua qualidade ao volante de vários monolugares da Fórmula 1, chegando até a ser vicecampeão e terceiro colocado, em 1997 e 1999. Agora, com 47 anos, o piloto alemão dedica-se a uma vida diferente do habitual, mas que mesmo assim envolve um carro.

Frentzen conduz agora um carro funerário, em auxílio na empresa da sua irmã Nadine-Nicole, em Mönchengladbach. "Ela assumiu a administração dos negócios e eu ajudo, conduzindo o veículo negro pelas ruas de Mönchengladbach. Mesmo quando estava na F1, de vez em quando ajudava o meu pai no negócio e agora ajudo a minha mãe", disse o antigo piloto, ao "Kolner Express".

Além desta ocupação, Frentzen não se desligou totalmente das corridas, fazendo várias provas do GT Masters Series alemão. No entanto, o alemão deverá ficar ausente das pistas em 2015, devido a uma operação ao joelho.

Posts Relacionados