Helio Castroneves: “Só ficou um pouco mais difícil, mas não tem nada perdido”

terça-feira, 19 de agosto de 2014


Só ficou um pouco mais difícil, mas não tem nada perdido”. Foi dessa forma que Helio Castroneves reagiu ao resultado de ontem, em Milwaukee, antepenúltima etapa do 2014 Verizon IndyCar Series. O 11º posto do piloto brasileiro, diante da vitória de Will Power, permitiu que os dois competidores mantivessem a dobradinha no Team Penske na pontuação. Mas apesar de a diferença entre os dois líderes ter aumentado de quatro para 39 pontos, Castroneves está convicto de que o prejuízo pode ser revertidas nas duas últimas corridas do calendário, que somadas colocarão em jogo um total de 158 pontos.

Obviamente que fiquei muito frustrado com esse novo panorama do campeonato. Passei o final de semana todo com dificuldades de equilíbrio no carro e precisei ser muito cuidadoso na corrida para evitar um acidente. O que eu quero dizer é que, em termos práticos, foi melhor somar os 19 pontos do 11º lugar do que ficar estatelado no muro”, explicou Castroneves. “Claro que ficou mais difícil. Uma coisa é tirar quatro pontos e outra é tirar 39, mas estou com a cabeça bem tranquila porque temos duas corridas pela frente e uma margem de pontos suficiente para ser descontada na Califórnia”, completou, numa referência ao estado norte-americano que sediará o sprint final da temporada 2014.


O campeonato terá continuidade no próximo domingo, 24, com a etapa no Sonoma Raceway, o misto permanente nas cercanias de San Francisco. Já no outro sábado, 30, ocorre a grande final no Auto Club Speedway, oval localizado em Fontana, perto de Los Angeles. Está última, por ser a terceira etapa do ano em 500 milhas – como Indianapolis e Pocono -, terá pontuação dobrada.

Posts Relacionados