Mercedes muda de estratégia

quarta-feira, 30 de julho de 2014

 
A Mercedes prepara-se para uma segunda metade da época em que não haverá ordens para os pilotos. Uma vez que ambos estão na luta pelo título de campeão do Mundo e a equipa está praticamente segura de que vai ser campeã, a estratégia deve passar por entregar toda a responsabilidade a Nico Rosberg e Lewis Hamilton. “Chegámos a um ponto onde as lógicas de início de época já não funcionam, porque não podemos pedir a um dos pilotos para ceder a posição e colocar em causa os seus objetivos apenas para beneficiar a equipa”, admitiu Toto Wolff, diretor desportivo da Mercedes.

A opinião de Wolff surge na sequência de mais um desentendimento entre Rosberg e Hamilton, ocorrido durante o GP Hungria. A Mercedes pediu ao britânico (que já não iria parar mais vezes na “box”) para abrandar, cedendo o lugar a Rosberg, que ainda tinha de trocar pneus. Hamilton não aceitou essas ordens, dizendo apenas que Rosberg poderia passar se... fosse capaz. Tal não aconteceu e quando se encontraram de novo, já nas duas voltas finais, a luta entre os dois foi favorável ao britânico, que até fez defesa agressiva face a tentativa do alemão para chegar ao 3.º lugar.

A corrida de domingo serviu assim para acabar com a guerra fria. Agora, para lá de não haver ordens, cada um vai escolher o que achar melhor para cada GP.

Posts Relacionados