Ferrari: Domenicali apresentou demissão

segunda-feira, 14 de abril de 2014

 
Stefano Domenicali apresentou a demissão do cargo de diretor da Ferrari, segundo relatos em órgãos de comunicação social italiana nesta segunda-feira.

O seu sucessor será Marco Mattiacci, presidente e diretor executivo da operação da Ferrari na América do Norte, um homem sem qualquer experiência na área da competição automóvel e muito menos em F1.

A Ferrari entrou muito mal na temporada 2014, registando como melhor resultado dois quartos lugares com Fernando Alonso (Austrália, devido à desqualificação de Daniel Ricciardo; e Malásia).

A situação piorou no Bahrain, com Alonso em 9.º, à frente de Kimi Räikkönen (10.º), na corrida, para depois, nos testes que se seguiram ao terceiro GP da temporada, a escuderia ter sido forçada a encerrar os trabalhos mais cedo devido a problemas mecânicos no F14T, designação do carro de 2014 que é cada vez mais apontado como um "flop" de muitos milhões.

Domenicali entrou para a Ferrari em 1991 e assumiu a lideraça da escuderia em 2008, após a saída de Jean Todt e da conquista do último título, com Räkkönen (2007).

Posts Relacionados