Renault híbrido continua dando problemas

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

 
A Lotus terá protagonizado uma exceção, talvez até bafejada pela sorte, quando completou 100 quilómetros num evento promocional ("'filming' day"), em Jerez de la Frontera (Espanha), sem problemas na sua unidade motriz Renault. Isto a julgar pelo exemplo mais recente da Toro Rosso em Misano (Itália).

Num teste similar ao da Lotus - que está limitado a 100 quilómetros, com os carros equipados com pneus de demonstração -, a escuderia de Faenza ficou limitada a 70 quilómetros, devido a problemas na unidade de acumulação de energia e no software de gestão da unidade motriz do STR9, que teve Daniil Kvyat aos comandos [na foto, em Jerez].

Recorde-se que nos primeiros testes da temporada, que decorreram em Jerez entre 28 e 31 de janeiro, as equipas que utilizam o propulsor híbrido Renault só conseguiram completar um total de 151 voltas, com a campeã Red Bull limitada a 21 - Caterham fez 76 e a Toro Rosso, 54 (a Lotus não participou) -, devido a problemas similares a este registado agora em Misano.

À porta estão os segundos testes, com as equipas a rumarem ao Bahrain para sessões entre 19 e 22 de fevereiro. A temporada arranca a 16 de março, em Melbourne (Austrália).

Posts Relacionados