Di Resta deixa F1 e regressa a DTM

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

 
O escocês Paul di Resta, que perdeu o lugar na Force India, equipa de Fórmula 1, vai voltar ao Campeonato Alemão de Turismos (DTM), que venceu em 2010, ao volante de um Mercedes.

Paul Di Resta vai testar esta terça-feira o novo Mercedes AMG Coupé no circuito português de Portimão, acrescentou a marca germânica, que vai contar ainda com o inglês Gary Paffett, vencedor do DTM em 2005.

Em três temporadas na Fórmula 1, Paul di Resta disputou 58 corridas, tendo somado como melhores resultados dois quartos lugares, no GP de Singapura, em 2012, e no GP do Bahrain, em 2013, e um total de 121 pontos.

O piloto escocês, que manteve sempre o contato com a Mercedes, dado ser esta a marca que equipava os monolugares da Force India, regressa ao DTM algo dececionado com a Fórmula 1, apesar de ter brilhado em algumas corridas.

De 2007 a 2010, Di Resta venceu seis corridas para a Mercedes no DTM, além de ter conquistado seis "pole positions" e sete voltas mais rápidas, tudo em 42 corridas.

Durante a sua estreia na Fórmula 3, com um motor Mercedes, o piloto escocês foi muitas vezes mais rápido do que o hoje campeão do Mundo quatro vezes consecutivas Sebastian Vettel.

Em 2014, os carros da Force India serão pilotados pelo alemão Nico Hulkenberg e pelo mexicano Sérgio Perez, que se juntaram à equipa na pré-temporada. A Force India é uma escuderia do meio da tabela financiada pelo bilionário indiano Vijay Mallya. 

Posts Relacionados