Stock Car: Thiago Camilo vence em Brasília e lidera

segunda-feira, 11 de novembro de 2013



Thiago Camilo conquistou mais do que a 15ª vitória na carreira - a primeira em Brasília - no Circuito Nova Schin Stock Car. Na tarde deste domingo, no autódromo da Capital Federal, o novo líder do campeonato deu importante passo rumo à conquista de seu primeiro e sonhado título da mais importante e tradicional categoria do automobilismo brasileiro. Ele está em primeiro lugar na classificação geral com 185 pontos contra 181 de Daniel Serra, 178 de Ricardo Maurício e 160 de Cacá Bueno. Esses são os quatro que ainda mantêm chances matemáticas de se sagrar campeão na Corrida do Milhão, que fecha 2013, dia 15 de dezembro em Interlagos.

O segundo lugar na penúltima etapa do Circuito Nova Schin Stock Car ficou com o pole-position Sérgio Jimenez, que fez seu primeiro pódio na categoria, com Ricardo Maurício em terceiro lugar. O pentacampeão Cacá Bueno teve um pneu furado a duas voltas do final, não pontuou, manteve os 160 pontos e continua na briga pelo título. O antigo líder Daniel Serra, que desembarcou em Brasília com 11 pontos de vantagem para Thiago Camilo (172 a 161) obteve o 12º lugar, marcou oito pontos, alcançou 180 e inverteu de posição com Camilo.

``Não tenho palavras para descrever a importância da largada. Essa é a concretização de um trabalho realizado o ano todo. Tenho que parabenizar e agradecer a minha equipe inteira por todo empenho e dedicação. Vamos para São Paulo sem favoritismo. Na Stock Car todo mundo é profissional, os pilotos são de altíssimo nível e qualquer um tem condições de chegar em São Paulo e vencer. Na verdade foram as circunstâncias que me levaram a vencer duas vezes a Corrida do Milhão. Os adversários são extremamente fortes``, disse Camilo.

Resultado da décima-primeira e penúltima etapa do Circuito Nova Schin Stock Car:

1) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), 38 voltas em 41min43s816, média de 159,48 km/h
2) Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team), a 2s060
3) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 3s354
4) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 4s057
5) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 5s571
6) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 6s068
7) Max Wilson (Eurofarma RC), a 6s975
8) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 7s422
9) Valdeno Brito (Shell Racing), a 7s646
10) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 8s143
11) Rubens Barrichello (Full Time Competições), a 8s319
12) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 9s143
13) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 10s750
14) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), 11s311
15) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 11s683
16) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 12s335
17) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), 12s789
18) Popó Bueno (Shell Racing), a 14s690
19) Tuka Rocha (BMC Racing), a 15s230
20) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 15s672
21) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 16s449
22) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 16s903
23) Allam Khodair (Vogel Motorsport), a 1 volta
24) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 1 volta
25) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 2 voltas
26) Denis Navarro (Voxx Racing Team), a 11 voltas
27) Luciano Burti (Boettger Competições), a 16 voltas
28) Julio Campos (Prati-Mico's Racing), a 19 voltas
29) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 20 voltas
30) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), a 25 voltas
31) Fábio Fogaça (Vogel Motorsport), a 12 voltas 
32) Lucas Foresti (RC3 Bassani), a 38 voltas
33) David Muffato (Carlos Alves Competições), excluído por desrepeito à sinalização de saída de box
34) Rodrigo Sperafico (Prati-Mico's Racing), desclassificado por atitude antidesportiva contra David Muffato.

Melhor volta: Popó Bueno, 57s893, média de 181,51 km/h

Os cinco primeiros pilotos no Circuito Nova Schin Stock Car

1) Thiago Camilo, 185 pontos
2) Daniel Serra, 181
3) Ricardo Maurício, 178
4) Cacá Bueno, 160
5) Valdeno Brito, 132

Posts Relacionados