Sprint Race anuncia pacote de novidades para 2014

quinta-feira, 7 de novembro de 2013



O ano ainda nem chegou ao final, mas a Sprint Race já prepara novidades para 2014. A categoria, que na próxima temporada completa três anos de sucesso, terá um grande pacote de inovações, que vão da parte técnica até a fórmula de disputa. Evoluções que farão da Sprint Race uma categoria ainda mais competitiva e atraente.

"Estou realmente muito feliz com o crescimento da nossa categoria. A cada etapa tenho certeza que melhoramos e sabemos que ainda temos muito a melhorar", destacou Thiago Marques, promotor da categoria.

As mudanças no carro, cuja pilotagem se assemelha aos modelos de fórmula, começam pelo motor. A partir do ano que vem às máquinas da Sprint Race ficarão mais potentes. Saem de cena os propulsores 4cc, de 225 CV, entram os V6 de 260 CV. A carenagem também passará por alterações, principalmente na parte traseira.

"A ideia é que ele seja um carro rápido, mas dócil. Apesar da alta relação peso/potência o objetivo é deixar ele com um torque razoável, sem características de carro turbo, onde a força do motor entra de uma só vez e dificulta muito a dirigibilidade em saídas de curva", explica Tarso Marques.

O experiente Paulo de Tarso, que lidera o clã Marques, na organização da Sprint Race, comemora as novidades: "Teremos um carro muito mais resistente, rápido e prazeroso de guiar. A cada teste que fazemos não dá vontade de parar. São novidades que farão todos os pilotos irão se entusiasmarem".

Outra grande novidade que colocará a Sprint Race em grande evidência é a corrida noturna, que pela primeira vez será introduzida no calendário. O palco escolhido para esta prova que promete fazer história deve ser o Autódromo de Londrina. Além disso, em 2014, o campeonato vai contar com duas etapas de pontuação dobrada. Além da final - já tradicional -, haverá também uma etapa especial em Curitiba com este tipo de contagem. Nela o grau de dificuldade promete ser um pouquinho maior, com cada piloto podendo dar apenas um volta de classificação para a primeira corrida. 

"A corrida noturna é algo totalmente inovador ao nosso esporte e com certeza incentivará pilotos e público de comparecerem. A etapa especial também promete agitar a temporada e deixar o campeonato ainda mais competitivo", analisou Thiago Marques.

Mas as novidades não param por aí. Com o objetivo de conferir um maior equilíbrio de forças à Sprint Race, a organização decidiu criar duas categorias dentro da mesma competição: A Sprint Race e a Sprint Race Pro GP. Na primeira, competem pilotos acima de 31 anos. Na segunda, ficam os pilotos com idade igual ou menor a 31 anos. Quem disputa a Sprint Race, entretanto, pode optar por competir também na Pro GP.

Todas as emoções das etapas da Sprint Race continuarão sendo televisionadas para todo o Brasil por meio do canal Bandsports. Também serão mantidas as três premiações (Winter, Final e Campeão) sendo, R$ 20 mil, R$ 30 mil e 50 mil, respectivamente.

Quem quiser receber mais informações e o projeto 2014 entre em contato pelo e-mail contato@sprintrace.com.br

Posts Relacionados