Moto 1000 GP: temporada de 2013 termina na pista mais rápida do calendário

terça-feira, 26 de novembro de 2013


A temporada de 2013 do Moto 1000 GP chega ao fim neste domingo (1º) na cidade de Cascavel (PR). Treinos e corridas da oitava e última etapa vão levar o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade pela segunda vez no ano ao Autódromo Zilmar Beux, cujo traçado, que tem extensão de 3.058 metros, é o mais veloz entre os que recebem as etapas da competição, com velocidades médias que superam a casa dos 175 km/h.

Em sua estreia em Cascavel, no ano passado, o Moto 1000 GP realizou rodada dupla, válida pelas quinta e sexta etapas. Em seis provas, houve quatro vitórias de argentinos: Leandro ?Tati? Mercado ganhou as duas corridas da GP 1000, categoria principal do evento, enquanto Adrian Silveira conquistou duas vitórias na GP 600. A GP Light teve vitórias de dois pilotos paulistas ? Lucas Barros, que conquistaria o título, e Nick Iatauro.

A pista cascavelense já figurou no calendário em 2013, recebendo a quarta etapa, no dia 25 de agosto. O paranaense Diego Faustino, da Petronas Eurobike SBK Team, ganhou a corrida da GP 1000, marcada pela quebra do recorde da pista para a motovelocidade: Diego Pierluigi fez a volta mais rápida da corrida em 1min02s899, a 175,023 km/h de média. O argentino já havia conquistado a pole-position com 1min02s614, a 175,820 km/h.

O Moto 1000 GP definirá campeões nas categorias ? GPR 250, GP 600 e GP Máster. Todas as motocicletas utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam o evento ao lado da BMW Motorrad e da Michelin, que fornece pneus a todas as equipes. O campeonato tem o apoio de Beta, BMW Serviços Financeiros, Servitec, Shoei, LeoVince, Tutto Moto, HPN, Denko, Airfence Brasil e Peterlongo.

Posts Relacionados