Marcas: Cascavel recebe Copa Petrobras pela primeira vez

terça-feira, 12 de novembro de 2013



A sétima e penúltima etapa da Copa Petrobras de Marcas acontecerá num local onde os pilotos nunca andaram com o carro da categoria. Pela primeira vez na sua história, o Autódromo de Cascavel, na cidade do oeste paranaense, receberá os Mitsubishi Lancer GT, os Chevrolet Cruze, os Ford Focus, os Honda Civic e os Toyota Corolla XRS. Reformado no ano passado, o circuito é o que tem a maior média de velocidade no Brasil e promete grandes emoções na briga pelo título entre as fábricas e os pilotos.

Entre os fabricantes de veículos a maior disputa está muito apertada entre a líder Toyota e a vice-líder Honda, com importante aproximação da Ford nas últimas etapas, além da boa presença da Chevrolet e da Mitsubishi. A Toyota lidera com 385 pontos seguida pela Honda com 380, Ford, com 229, Chevrolet (208) e Mitsubishi (137). Neste final de semama, quando acontece a sétima rodada dupla de 2013, estarão em jogo muitos pontos que podem modificar a ordem da classificação.

A mesma situação vivem os pilotos da Copa Petrobras de Marcas. A liderança está nas mãos do atual campeão Ricardo Maurício (Honda Civic), que tem 175 pontos e é seguido por Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), com 150, pelo ex-Fórmula 1 Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), com 147, Alceu Feldmann (Honda Civic), com 137, Galid Osman (Toyota Corolla XRS), com 129 e Vitor Meira (Ford Focus), que tem 124 pontos.

Nas duas rodadas duplas até o final do ano estarão em jogo 150 pontos - 25 em cada corrida em Cascavel e pontos dobrados na finalíssima - e a decisão vai mesmo para Curitiba, no dia 1º de dezembro, quando acontece o encerramento do campeonato. Cada piloto tem de descartar dois resultados entre as 14 provas da temporada. Ricardinho e Galid são os dois únicos entre os cinco primeiros que pontuaram em todas as corridas e neste momento descartam, respectivamente, oito e nove pontos. No entanto, como ainda restam quatro provas até o final do campeonato, muita coisa pode acontecer.

Denis Navarro já deixou de pontuar duas vezes, assim como Ricardo Zonta, que por ter corrido fora do Brasil, não disputou a primeira rodada dupla em Brasília e já definiu os dois descartes. Vitor Meira não esteve presente nas duas provas de abertura do ano e ainda não fez pontos numa das corridas na primeira rodada dupla de Brasília.

As atividades na pista têm início somente no sábado, com o shake down de dez minutos em que os pilotos são obrigados a passar pelos boxes, sem andar na grande reta de Cascavel. A partir das 9 horas será disputado o treino da Fórmula 3 Sul-americana, que tem acompanhado a Copa Petrobras de Marcas durante a temporada, e às 9h50 os carros serão divididos em dois grupos, cada um com direito a 45 minutos de treinamento nos 3.058 metros do traçado cascavelense.

Na parte da tarde serão realizados os dois classificatórios: da F3 (14h20) e do Brasileiro de Marcas (16h10) e, a partir das 16h55, a principal categoria continental de monopostos terá a primeira prova do final de semana, com 30 minutos mais uma volta. O líder da Fórmula 3 é Felipe Guimarães.

Domingo, a Copa Petrobras abre a programação com a primeira corrida às 9h05, em seguida será a vez da segunda prova da Fórmula 3 (10h25), com fechamento da sétima rodada dupla da Copa Petrobras sendo realizado às 12h45.

Posts Relacionados