Montezemolo: "Ferrari contratou o gémeo de Räikkönen"

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Montezemolo, aqui à conversa com o "gémeo" de Räikkönen, em 2009

A ameaça de Felipe Massa de não ajudar Fernando Alonso nas corridas que restam até final da temporada não é levada a sério pelo presidente da Ferrari.

Em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", Luca di Montezemolo destacou o trabalho do brasileiro que, em 2014, cederá o lugar... ao gémeo de Kimi Räikkönen.

Montezemolo quis assim deixar vincado que o piloto finlandês não é o mesmo que passou pela escuderia entre 2007 e 2009, comparando a decisão de Räikkönen de se afastar da F1 (2010 e 2011) com o que aconteceu com Niki Lauda, embora o austríaco se tenha sagrado campeão em 1984 ao serviçod a McLaren e não da Ferrari:

"É um caso semelhante ao de Lauda que, a determinada altura, disse 'basta' porque não conseguia prosseguir daquela forma... a paragem fez-lhe bem, regressou em grande, ganhou corridas e terminou muitas delas. Agora, estou a falar do gémeo de Kimi, porque o piloto que correu para a Ferrari não é o mesmo que contratámos para 2014. Queria alguém que não me fizesse recordar Massa com arrependimento e consegui. De Kimi quero mais vitórias, consistência e pódios. Alonso será o primero de beneficiar disso."

Depois, o presidente explicou como lidou com Alonso, deixando no ar a interrogação sobre o motivo que levou o espanhol a criticar a escuderia no GP da Hungria (26 e 28 de julho):

"Não somos assim tão masoquistas que fossemos contratar um piloto sem dizer nada a Alonso. Ele esteve sempre ao corrente da hipótese de ser Räikkönen o escolhido, já que a alternativa de um jovem não era algo seguro. Atualmente, Räikkönen é um dos melhores pilotos do Mundo, ao lado de Alonso, Vettel e Hamilton. Alonso foi o primeiro a ficar feliz com a sua chegada."

"Sou o primeiro a compreender o seu descontetamento. Digamos que é como um futebolista que fica no banco de suplente e se chateia com o treinador. Mas prefiro lidar com alguém assim do que com um cobarde", reforçou, falando depois de Massa:

"Ele disse mesmo aquilo? O Felipe é um bom rapaz, claro que vai ajudar a escuderia no Mundial de Construtores, bem como ao Alonso no de Pilotos."

Posts Relacionados