Massa avisa que não vai ajudar mais Alonso

terça-feira, 17 de setembro de 2013

A Ferrari terá de encontrar forma de lidar com as consequências ditadas pelo anúncio da contratação de Kimi Räikkönen para 2014, no que resta da temporada. Ao resolver antecipadamente um problema, criando uma dupla de pilotos mais competitiva, a escuderia italiana arranjou outro quando se desembaraçou de Felipe Massa.

Depois do agradecimento pela confiança e carinho nos anos passados em Maranello, o brasileiro assegura agora que não irá ajudar mais Fernando Alonso, espanhol que, a par de Räikkönen formará uma dupla de campeões do Mundo em 2014, mas que, em teoria, ainda disputa o título Mundial de 2013, com Sebastian Vettel (Red Bull-Renault) - num contexto em que toda a ajuda é pouca.

"Ajudar Alonso? Não, agora vou atacar os lugares da frente", garantiu Massa em entrevista ao programa "Esporte Espetacular", da TV Globo, na qual revelou ainda estar a negociar com a Lotus Renault e ter recebido uma proposta da Mclaren-Mercedes:

"Estamos a negociar. Na minha opinião, a Lotus tem um carro competitivo, que é o que quero. É uma equipa que tem uma história muito importante para o Brasil também. Eles passaram por um momento difícil, até a nível financeiro. Estamos em contacto para tentar encontrar um caminho não só para mim, mas também para a Lotus continuar com um bom carro. Já fui contactado pela McLaren, mas não posso fazer uma avaliação, é difícil dizer. Com a Lotus, o contacto foi muito bom."

"Tenho um grande orgulho na minha carreira. É lógico que gostaria de ser campeão e ainda vou lutar para isso, pois não estou a encerrar a minha carreira. Estou muito mais solto, livre. Acho que pode ser bom para mim. Como é lógico, tenho que encontrar um carro competitivo. Correr por correr, só para fazer parte da F1 e não ter oportunidade de lutar pelas vitórias, não quero. É uma mudança e espero que seja para melhor", acrescentou, confessando que o momento mais difícil passado na Ferrari aconteceu no GP da Alemanha de 2010, quando recebeu ordens para deixar passar Alonso: "Aquele dia doeu muito, doeu bastante."

Posts Relacionados