F-Indy: Punição polêmica tira vitória quase certa de Scott Dixon

segunda-feira, 26 de agosto de 2013



Um bom piloto também precisa contar com a sorte para conquistar um título tão importante como o da Formula Indy. Na corrida de hoje, em Sonoma, Califórnia, nos Estados Unidos, a sorte sorriu para o brasileiro Helio Castroneves. Mesmo fazendo uma prova com o rendimento abaixo do esperado, terminando em sétimo, ele contou com uma punição no mínimo polêmica a Scott Dixon, seu maior rival na luta pelo campeonato, e agora abriu ainda mais pontos de distância na liderança, agora são 39.

O acidente ocorreu quando Scott Dixon, que liderava a prova e tinha até uma folga para o segundo colocado Will Power, fez uma parada nos boxes e ao sair acabou atropelando um dos mecânicos da Penske, justamente da equipe de Power. A polêmica, de acordo com os integrantes da equipe Ganassi, gira em torno da posição do acidentado, que segundo eles entrou na linha dos boxes rival quando foi atingido, mas o diretor de prova Beaux Barfield garante que quem invadiu a área do adversário foi o carro número nove. A direção de prova achou melhor punir o piloto neozelandês com um drive-thru, o que acabou o levando às últimas posições.

Tentando se recuperar, Dixon ainda conseguiu ganhar algumas posições favorecido por um dos vários momentos de bandeira amarela durante a prova. Ao final ele saiu de 20º e cruzou a linha de chegada em 15º lugar. "Foi o erro mais gritante que eu já vi em toda a minha vida", disparou Dixon. "Eu fiz uma linha reta e ele veio em minha direção. Estou muito irritado com isso, pois tivemos um carro forte durante todo o dia", disse.

Muito irregular durante toda a corrida, diferentemente do que aconteceu no resto da temporada, Helio Castroneves não chegou a figurar de maneira segura nas primeiras colocações e por isso foi premiado com a punição do rival. Enquanto Dixon figurava na primeira colocação, a distância entre os dois na tabela chegou a ficar ínfima, em apenas seis pontos.

Quase fora dos holofotes diante da briga acirrada pela ponta da competição, Will Power venceu a corrida e acabou com um jejum de mais de um ano fora do lugar mais alto do pódio da Indy. Justin Wilson foi o segundo e Dario Franchitti o terceiro. De quebra, Power ajudou o seu companheiro de Penske na luta pelo título. Ele foi o décimo vencedor diferente do ano, o que traduz o equilíbrio no campeonato. Essa marca fica muito perto do recorde de 11 primeiros lugares diferentes no ano de 2001. 

Confira as posições finais da corrida de Sonoma:

1 12Will Power
2 19Justin Wilson
3 10Dario Franchitti
4 25Marco Andretti
5 77Simon Pagenaud
6 1Ryan Hunter-Reay
7 3Helio Castroneves
8 27James Hinchcliffe
9 78Simona De Silvestro
10 7Sebastien Bourdais
11 15Graham Rahal
12 55Tristan Vautier
13 11Tony Kanaan
14 5E.J. Viso
15 9Scott Dixon
16 98JR Hildebrand
17 4Ryan Briscoe
18 18James Davison
19 20Ed Carpenter
20 83Charlie Kimball

Posts Relacionados