F-Truck: 11 pilotos treinam em Curitiba na preparação para Cascavel

quinta-feira, 18 de julho de 2013


A preparação para a sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck levou praticamente metade do grid da categoria à pista nesta semana. A pouco mais de duas semanas da corrida em Cascavel (PR), 11 dos 25 pilotos inscritos participaram de baterias de testes coletivos entre terça (16) e quarta-feira (17) no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). A atividade envolveu caminhões de quatro das seis marcas que compõem o grid.

A RM Competições, que atua na F-Truck com um caminhão MAN TGX e quatro Volkswagen Constellation equipados com motores MAN, participa com seus cinco pilotos da atividade preparatórias na pista da região metropolitana da capital paranaense. Felipe Giaffone, titular do MAN, Leandro Totti, Débora Rodrigues, André Marques e Adalberto Jardim, inscritos com os Constellation, revezam as experiências agendadas para os dois dias de testes.

“Todo mundo está trabalhando bastante na resistência dos caminhões. As últimas corridas têm sido marcadas por muito calor, muita velocidade, são autódromos com retas longas e bem rápidas”, observa Débora. “Nós trouxemos bastante coisa para testar, alguns acertos para reduzir a fumaça. Terminar as corrida é mais importante que fazer pole. Ficando na pista até o fim da corrida, não é difícil pontuar mais e estar perto do pódio”, ela acrescenta.

Vencedor da etapa que encerrou a primeira metade da temporada no dia 7 em São Paulo (SP), o pernambucano Beto Monteiro comanda o trabalho de pista com os dois caminhões da Scuderia Iveco – o dele e o do paulista Valmir Benavides. “Estamos focados na parte de suspensão, sem mexer em motor ou turbina. Nosso caminhão não é o mais veloz, mas é bastante consistente, e é nisso que estamos trabalhando, em equilíbrio e durabilidade”, define.

Se a Scuderia Iveco tem Monteiro testando seus dois caminhões, a ABF Racing Team cumpre estratégia inversa. O paranaense Diogo Pachenki reveza os testes de seu Mercedes-Benz com o paulista Paulo Salustiano. “Os treinos também servem para eu ganhar hora de voo, é meu primeiro ano na Truck. O Salu e eu estamos testando um novo modelo de turbina, que pode aumentar a resistência”, informa Pachenki. “Até agora a evolução tem sido boa”.

Os testes no circuito paranaense contam, também, com participação de três pilotos que competem com caminhões Volvo. O goiano Rogério Castro e o paulista Alberto Cattucci, ambos da ABF/Volvo, e o paranaense Jansen Bueno, que defende a DB Motorsport, seguem com o trabalho de desenvolvimento dos motores da marca. Na última etapa, em Interlagos, Castro obteve seu melhor resultado na categoria, cruzando a linha de chegada em sétimo lugar.

Logo após os testes no Autódromo Internacional de Curitiba, todos os caminhões serão embarcados às cidades onde suas equipes mantêm sede. A etapa de Cascavel, confirmada para dia 4 de agosto, será a sexta das dez que compõem o Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. O calendário de provas de 2013 terá sequência no dia 8 de setembro com a prova em Córdoba (ARG), valendo também como quarta e última etapa do Sul-Americano.

Posts Relacionados