Stock Car: Cacá Bueno vence em Brasília

segunda-feira, 3 de junho de 2013



Cacá Bueno ganhou a quinta etapa da Stock Car, disputada neste domingo no Autódromo de Brasília, e reassumiu a liderança entre os pilotos. A 31ª vitória na carreira do pentacampeão o manteve como o quarto maior piloto a terminar em primeiro na história da categoria. Antes dele estão o duodecacampeão (12 vezes) Ingo Hoffmann, o tetracampeão Paulo Gomes e o tricampeão Chico Serra. O segundo lugar na corrida, realizada na Capital Federal, teve Daniel Serra em segundo lugar e Thiago Camilo em terceiro.

O resultado no veloz anel externo de 2.919 metros deixou Cacá Bueno com 97 pontos, Ricardo Maurício em segundo com 96, o companheiro de Cacá na Red Bull Racing, Daniel Serra, em terceiro com 94 e Thiago Camilo com 76. Depois de chegar ao pódio em Salvador, Rubens Barrichello teve mais uma boa atuação e terminou em quarto lugar. A próxima etapa, que marca a metade da temporada de 2013, será dia 16 em Cascavel, no Paraná.

Logo na largada da corrida deste domingo em Brasília, Marcos Gomes, que era o segundo no grid, pulou na frente de Thiago Camilo, que ainda perdeu outras três posições e caiu para quinto lugar, pois Cacá, Serra e Átila Abreu também passaram o pole position. Poucas voltas depois, Marquinhos recebeu um drive thru de punição por ter queimado a largada, teve de passar pelos boxes e caiu para a 16ª posição. No final, acabou excluído, ao lado de outros seis pilotos (Valdeno Brito, Átila Abreu, Luciano Burti, Popó Bueno, Nonô Figueiredo e Julio Campos) por irregularidade no reabastecimento.

Com a entrada de Marquinhos nos boxes, Cacá assumiu a ponta, posição que só deixou durante o reabastecimento e nem se preocupou ao ver Nonô na primeira colocação, pois ele também acabou punido por reabastecimento irregular. A vitória do pentacampeão só se consolidou quando Diego Nunes bateu forte e o Safety Car entrou. Como muitos detritos ficaram espalhados pela pista, a corrida acabou com Cacá recebendo a bandeira quadriculada com o carro de segurança na frente.

``Vencer assim é mais fácil. Mas esse tipo de final não é culpa da Stock e sim da falta de condições em muitos autódromos do Brasil. Esse campeonato, diferentemente do ano passado, quando sete chegaram brigando pelo título, acredito que teremos menos, com quatro bem definidos até agora``, disse o pentacampeão, o segundo maior papa-títulos da principal categoria do automobilismo brasileiro 

Resultado da prova deste domingo em Brasília, a quinta etapa da temporada da Stock Car:

1) Cacá Bueno (Red Bull Racing), 34 voltas em 42min39s543, média de 139,59 km/h
2) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 0s244
3) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 1s591
4) Rubens Barrichello (Full Time), a 1s766
5) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 2s013
6) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi), a 3s194
7) Tuka Rocha (BMC Racing), a 3s909
8) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 5s198
9) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 5s533
10) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 8s466
11) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 9s201
12) Denis Navarro (Voxx Racing), a 13s061
13) Max Wilson (Eurofarma-RC), a 13s629
14) Duda Pamplona (Officer Pro GP), a 14s182
15) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), 14s708
16) Sérgio Jimenez (Voxx Racing), a 16s222
17) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 17s700
18) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 21s072
19) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 22s560
20) Allam Khodair (Vogel Motorsports), a 25s301
21) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 26s077
22) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 5 voltas
23) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 20 voltas
24) Fábio Fogaça (Vogel Motorsports), a 20 voltas
25) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 27 voltas 
26) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 33 voltas

Pilotos excluídos por irregularidade no abastecimento

Valdeno Brito (Shell Racing)
Marcos Gomes (Carlos Alves Competições)
Átila Abreu (Mobil Super Pioneer)
Luciano Burti (Boettger Competições)
Popó Bueno (Shell Racing)
Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer)
Julio Campos (Prati Donaduzzi)

Melhor volta: Ricardo Sperafico, 57s914, média de 181,45 km/h

Os dez primeiros no campeonato de pilotos:

1) Cacá Bueno, 97 pontos
2) Ricardo Maurício, 96
3) Daniel Serra, 94
4) Thiago Camilo, 76
5) Max Wilson, 61
6) Valdeno Brito 51
7) Tuka Rocha, 46
8) Ricardo Zonta, 44
9) Rubens Barrichello, 40
10) Galid Osman, 37

Posts Relacionados