F-Truck: etapa de Goiânia iguala recorde histórico de pilotos participantes

sexta-feira, 7 de junho de 2013


Os pilotos do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck estarão na pista já a partir desta sexta-feira (7), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), no início da programação da quarta etapa da temporada 2013. O GP Crystal, no domingo (9), será disputado por 26 pilotos. É o maior grid das 18 temporadas de história da categoria, que leva às pistas da América do Sul os caminhões mais velozes do mundo.

A marca não é inédita. A sexta etapa da temporada de 2008, disputada no circuito paranaense de Londrina, também teve 26 participantes. O número foi alcançado na etapa goiana – e deverá ser mantido até o fim da temporada – graças à confirmação da estreia do mato-grossense Raijan Mascarello, pela 72 Sports/Ford Racing Trucks, e o retorno do paranaense Pedro Muffato, piloto do Scania de sua própria equipe, a Muffatão.

A Scania terá cinco pilotos na pista. Muffato volta ao grid, depois de não ter disputado a etapa de maio em Caruaru (PE), pilotando um novo caminhão, de frente estendida. “O modelo ‘bicudo’ tem uma distribuição de peso melhor e a posição de guiar também é diferente. Eu prefiro assim”, manifesta. A equipe empregou partes do modelo anterior, de dianteira linear, na construção do novo modelo, já testado pelo piloto no autódromo de Cascavel (PR).

“Dei algumas voltas pela manhã e mais algumas à tarde. Choveu e isso comprometeu o treino. Com a pista molhada, preferi não arriscar, não acelerei tudo o que podia. Com isso, não deu para sentir o motor, mas deu para sentir que o caminhão está bom e conseguimos até adiantar alguns problemas e as soluções para eles”, relatou o piloto. “No fim, mesmo com chuva, acabou sendo um treino bem válido. Agora é esperar pela corrida”, acrescenta.

Vencedor de duas edições da etapa goiana na Fórmula Truck, Roberval Andrade vive a expectativa de reabilitação a partir do GP Crystal. “Existia um erro de construção no caminhão, que nós identificamos e acredito que esteja sanado. Esse problema gerava deficiência de tração. Isso está superado, agora vamos a Goiânia bem mais competitivos”, afirma o piloto paulista da Ticket Car Corinthians Motorsport, campeão brasileiro em 2002 e em 2010.

À solução da deficiência do equipamento – também um modelo “bicudo”, adotado em 2013 –, soma-se o histórico positivo de Andrade no traçado goiano de 3.835 metros, onde ele venceu as corridas de 2002 e 2008. “A pista permite uma agressividade maior na pilotagem, isso combina com o meu estilo. É um autódromo de alta, que tem um trecho misto muito técnico. Tudo indica que o meu caminhão vai responder melhor a essas exigências”, acredita.

Com o segundo Scania da Ticket Car Corinthians Motorsport, o também paulista Ronaldo Kastropil faz sua primeira participação em uma prova na pista goiana. “O Ronaldo está conseguindo uma evolução boa. Ele ainda enfrenta alguma dificuldade em treinos classificatórios, mas é muito constante nas corridas, e essa regularidade dele deve fazer a diferença. Goiânia é uma pista que causa muito desgaste aos caminhões”, diz Andrade.

Os outros dois caminhões Scania são os da Original Reis Competições, equipe que tem sede em Goiânia. Os pilotos também são goianienses. Leandro Reis, titular do caminhão número 51, vem de duas aparições consecutivas no pódio, com a quarta posição em Londrina (PR) e a quinta posição em Caruaru (PE). Seu tio e companheiro de equipe é José Maria Reis, que planeja levar o caminhão número 12 ao grupo dos dez primeiros na corrida.

PROGRAMAÇÃO
A programação de treinos livres para o GP Crystal será aberta na sexta-feira, com duas sessões de treinos livres de 60 minutos. Haverá mais dois treinos livres no sábado (8), para quando também está marcada a tomada de tempos classificatória. A corrida de domingo, com duração de 60 minutos, terá transmissão ao vivo em HD pela Rede Bandeirantes a partir das 13h, desde 15 minutos antes da largada, com os bastidores e a expectativa para a corrida.

Posts Relacionados