Stock Car: Daniel Serra em busca da terceira vitória nas ruas de Salvador

segunda-feira, 13 de maio de 2013



Líder isolado da Stock Car, Daniel Serra pode continuar a perseguir seu primeiro título e uma importante marca conquistada somente uma vez neste século na categoria que tem 34 anos. Caso vença a quarta etapa da temporada, em Salvador, no próximo dia 19 nas ruas do Centro Administrativo da Bahia (CAB), ele se aproxima da marca do pai, Chico Serra, que em 2000 ganhou quatro provas consecutivas. Chico terminou na frente na primeira em Interlagos, em Guaporé, em Londrina e na primeira em Goiânia. Naquele ano se sagrou tricampeão da Stock Car.

``Sem dúvida que seria demais ganhar a terceira prova seguida na Stock Car, mas ainda tem muita coisa para acontecer e a categoria é bem equilibrada``, disse Serrinha.

Eventual terceira vitória consecutiva também colocaria Daniel Serra entre outros dois importantes pilotos da história. O melhor, para ele, claro, ambos foram campeões quando conseguiram três vitórias seguidas. Em 2006, Cacá Bueno, hoje seu companheiro na Red Bull Racing, ganhou em Campo Grande, a segunda corrida em Interlagos e em Londrina. David Muffato também tem três triunfos seguidos na temporada campeã de 2003 quando venceu a primeira em Campo Grande, a primeira de Interlagos e a primeira em Jacarepaguá.

``É muito bom tudo isso, mas no fundo não quer dizer nada, pois se eu ganhar a terceira a diferença pode continuar pequena. Além do mais a situação de hoje é diferente, pois muita gente pontua. Gosto muito da pista da Bahia, pois como todo circuito de rua aumenta a sensação de velocidade alta. No entanto, nunca tive um bom resultado lá. Foi somente por não ter encaixado e no ano passado sofri um acidente``, completou Daniel.

Seu mais direto adversário na briga pelo título é justamente o companheiro de equipe, Cacá Bueno. O pentancampeão é um dos poucos pilotos que sabe administrar de maneira excepcional a pontuação e se manter entre os primeiros. Foi assim no ano passado, quando venceu três corridas no início do campeonato e depois soube administrar e se tornar o segundo maior vencedor, de forma isolada, da Stock Car.

``Meu estilo de pilotar se encaixa com o acerto que fazemos para a pista de Salvador, que é travada, assim como Londrina. Por isso, devemos andar bem. Quanto à vantagem do Daniel, ainda não estou preocupado, pois estou bem perto e faltam muitas corridas até o final. Mais uma vez, neste ano o título só será decidido na última prova. A Corrida do Milhão vale pontos em dobro (48 pontos) e o importante até lá e ficar no pelotão da frente, pois a diferença do primeiro para o segundo é de oito pontos. O Daniel está fazendo um grande ano, mas ainda estamos muito no começo``, finalizou Cacá.

Vice-líder do campeonato, empatado em pontos com Cacá Bueno - vencedor da prova de abertura em Interlagos - Ricardo Maurício conta com a impressionante regularidade entre os primeiros colocados para se manter na frente. Ele foi o único piloto a marcar presença nos três pódios do ano. No total, são cinco consecutivos, pois ele também marcou outros dois na temporada passada, quandio foi segundo na Corrida do Milhão e em Brasília, na penúltima corrida de 2012. Agora em Salvador, busca uma vitória.

``Mais uma vez vou para Salvador na busca de fazer o meu melhor. O carros da Red Bull está muito bom, tanto que venceram as três primeiras da temporada, mas estamos trabalhando no nosso e corrida de rua é sempre algo diferente. Começa pela classificação, que é feita um carro por vez e a gente pode pegar chuva, óleo na pista. O problema é que lá o carro fica bem quente, pois não temos o vento lateral que ajuda a refrigerar``, disse Ricardinho. 

Os cinco primeiros na briga pelo título da Stock Car: 

1) Daniel Serra, 65 pontos
2) Cacá Bueno e Ricardo Maurício, 56
4) Valdeno Brito, 51
5) Thiago Camilo, 40
6) Max Wilson, 37

Temporada 2013 da Stock Car

3 de março - Interlagos - SP
17 de março - Curitiba - PR
28 de abril - Tarumã - RS
19 de maio - Salvador - BA
2 de junho - Brasília - DF
16 de junho - Cascavel - PR
11 de agosto - Ribeirão Preto - SP
1º de setembro - Brasília - DF
15 de setembro - Velopark - RS
20 de outubro - Curitiba - PR
10 de novembro - Goiânia - GO (alternativa)
15 de dezembro - Interlagos - SP (Corrida do Milhão)

Posts Relacionados