F-Indy: Castroneves se mantem na briga pelo título

terça-feira, 7 de maio de 2013


Mesmo com todos os problemas enfrentados no Circuito Anhembi, Helio Castroneves segue para Indianapolis como um dos principais candidatos ao título. Esse é o saldo positivo d
a São Paulo Indy 300, quarta etapa do IZOD IndyCar Series
, que foi disputada n
este domingo, 5
. O 13º posto representou a perda da liderança para o japonês Takuma Sato, mas os 20 pontos de desvantagem - Castroneves ocupa a 3ª posição na classificação, atrás também de Marco Andretti - têm peso minimizado diante do critério de pontuação da categoria.

Esse quadro favorável, entretanto, não impediu que o piloto do Team Penske lamentasse o resultado em São Paulo. "Eu fico triste principalmente pela torcida. Esse caras são maravilhosos e seria para mim uma realização dar uma grande alegria para essa grande galera, mas infelizmente não foi possível", disse o piloto, que começou enfrentar problemas ainda no Qualifying , quando uma bandeira vermelha bloqueou aquela que possivelmente seria sua volta rápida e ficou relegado ao 18º lugar no grid.

Na parte parte inicial da corrida de 75 voltas, a estratégia funcionou muito bem. O piloto largou com pneus duros, mas já na sexta volta fazia seu primeiro pit para "calçar-se" com os macios (laterais em vermelho). Tanto que na volta 20 já ocupava a 3ª posição. O prejuízo no acidente que ocasionou a terceira bandeira amarela não foi dos maiores, visto ter conseguido escapar, apesar de cair para 7º. O problema maior, porém, viria na terceira relargada, quando um toque de Scott Dixon provocou a saída de pista do Dallara DW12 Chevrolet #3 no "Esse do Samba" e o despencar para a 23ª colocação. Restou a Castroneves se manter na pista e galgar posições, pensando no campeonato.

"Tem duas maneiras de encarar essa corrida. Se a gente pensar no lado negativo, foi realmente uma droga. Mas, por outro lado, depois de tudo o que aconteceu aqui, ainda terminar nos pontos e conseguir se manter no grupo da frente, não foi tão mal. Paciência, o negócio agora é focar todos os esforços para Indianapolis e projetar para 2014 a realização deste grande sonho de vencer no Brasil", finalizou Castroneves, que na noite do próprio domingo, 5, retornou para os Estados Unidos.

Posts Relacionados