Brasil tem duas vitórias com o número 11 no automobilismo internacional

terça-feira, 28 de maio de 2013


Foi um domingo de muitas comemorações para o automobilismo brasileiro. Nos EUA, Tony Kanaan venceu pela primeira vez uma edição das 500 Milhas de Indianápolis, tornando-se o quarto brasileiro a alcançar o feito. Do outro lado do mundo, na Itália, outro brasileiro comemorava uma vitória nas pistas. O paulista Lukas Moraes havia vencido, horas antes, uma das provas da segunda etapa da F-Abarth, realizada em Adria. Em comum entre os dois, além do lugar mais alto do pódio, o número 11 estampado no carro.

Em sua primeira temporada no automobilismo, Lukas tinha grandes expectativas para a etapa de Adria, já que era o único circuito em que o piloto havia treinado antes do início da temporada. “Espero ficar entre os cinco melhores” dizia o número 11 da competição italiana antes das provas.

Já nos treinos livres Lukas mostrou que estava certo. Concluiu a primeira sessão em terceiro, depois foi nono, mesmo com pneus usados enquanto os adversários usaram novos. E nos treinos classificatórios veio a comprovação da boa performance: primeira fila para o brasileiro, que largaria ao lado do líder do campeonato - e pole - Alessio Rovera.

A primeira prova foi disputada com a pista ainda molhada por uma chuva fina que caiu durante a noite, e o brasileiro resolveu ser cauteloso. “Escorregava demais, preferi não arriscar e terminar a prova em segurança” disse ele, que concluiu a disputa em quinto.

Com o grid invertido nas seis primeiras posições, a largada da segunda bateria teve Lukas novamente partindo do segundo posto. O brasileiro assumiu a ponta logo no começo da prova e abriu boa distância para o segundo colocado. A prova terminou em bandeira amarela em função de um acidente a três voltas do final, mais uma semelhança entre as corridas dos pilotos de número 11, já que Kanaan também teve o destino selado pela amarela nas voltas finais em Indianápolis.

Para completar o final de semana, Lukas foi para a terceira e última corrida partindo do oitavo posto no grid, escalou o pelotão e terminou a prova em segundo, conquistando o segundo pódio na temporada. “Mais feliz impossível! O que mais posso falar? Tivemos um fim de semana sensacional, o acerto do carro era muito bom e eu já conhecia a pista, o que ajudou muito. As coisas correram super bem e os resultados apareceram” disse o piloto de 17 anos.

Lukas volta para o Brasil nesta terça-feira e em seguida vai passar alguns dias descansando com a família. Na sequência já inicia a preparação física para a terceira etapa da temporada, que acontecerá em 14 de julho, no circuito de Mugello. “Agora é por os pés no chão e me preparar bem para a próxima corrida, em Mugello. Será mais um desafio grande, nuca andei lá e sei que a pista não é fácil” complementou.

Posts Relacionados