Stock Car está de volta a Tarumã, onde tudo começou

quarta-feira, 24 de abril de 2013



O tradicional Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul, será palco da terceira etapa da Stock Car desta temporada. A prova, marcada para domingo, dia 28, acontece 34 anos e seis dias depois da mais importante corrida na história do automobilismo nacional. Foi ali, na cidade de Viamão, que tudo começou no dia 22 de abril de 1979 com a primeira corrida da Stock Car. Na época foram somente dez carros. Agora, serão 34 com pilotos de altíssimo nível internacional na briga pelo título daquela que é, já há algum tempo, a mais importante categoria nacional e uma das mais conhecidas no mundo dos carros de Turismo.

Os primeiros treinos da Stock Car nos 3.016 metros do segundo mais veloz traçado brasileiro - o primeiro é Cascavel - começam no sábado cedo. A partir das 8 horas os carros, como sempre acontece, serão divididos em dois grupos de 17 e terão direito a 65 minutos para acertos. Em seguida, às 9h15, entra o segundo grupo com o mesmo tempo. Às 11h50 recomeçam os treinamentos livres com duas baterias separadas dispondo do mesmo período da manhã. No final do dia, das 16 horas às 16h50 será disputado o classificatório - terá transmissão ao vivo pelo SporTv - para definir o grid de largada do domingo às 11 horas.

A liderança da Stock Car está nas mãos de Daniel Serra, com 41 pontos, seguido de perto por seu companheiro de equipe, Cacá Bueno, com 40. Em terceiro está Ricardo Maurício (38), com Valdeno Brito vindo a seguir (37) e Max Wilson, com 29. Até agora, nas duas primeiras corridas da temporada - Interlagos e Curitiba - vitórias da Red Bull Racing, com Cacá e Serrinha. 

Nesta temporada, a exemplo do ano passado, o campeonato será de pontos corridos, sem descartes. Ganha quem marcar o maior número de pontos, numa clara demonstração de que a regularidade nas primeiras posições será fundamental. Em 2012 Ricardo Maurício brigou pelo título até o final e se sagrou vice-campeão sem uma vitória sequer. O pentacampeonato ficou na mão de Cacá Bueno, que se isolou na vice-liderança como o segundo maior papa-títulos da história. Na frente dele, o imbatível Ingo Hoffmann, o Mister Stock Car.

A Stock Car tem o patrocínio da Pirelli, além do copatrocínio de Shell V-Power Etanol, Bosch, Mobil Super, Pioneer e o apoio da Itaipava e da Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot. A organização e a realização são da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Posts Relacionados