Melhor prova de Gaetano Di Mauro na Fórmula 3 termina em forte acidente

segunda-feira, 22 de abril de 2013


A segunda bateria da etapa de Brasília da Fórmula 3 Sul-americana tinha tudo para ser a melhor do paulista Gaetano Di Mauro na categoria. Após duas quebras na etapa de abertura da temporada, realizada em São Paulo no início do mês, o piloto conquistou o primeiro pódio com um segundo lugar da classe light na prova deste sábado (20) e chegou perto de vencer a prova de domingo.

Gaetano foi o quarto colocado na classificação geral da prova de sábado (segundo na light) e com isso partiu para a prova de domingo do terceiro lugar no grid, após inversão dos seis primeiros colocados. Já na primeira curva o piloto assumiu a liderança de uma prova da F-3 pela primeira vez, o que para o garoto de apenas 15 anos é uma conquista. “Nem acreditava que estava liderando, foi bom demais”.

A emoção durou pouco, já que o experiente Felipe Guimarães, líder do campeonato, veio do sexto para o primeiro lugar logo no início da corrida. Em seguida Gaetano facilitou a passagem dos pilotos da classe principal, mas acabou perdendo posições para concorrentes diretos da light também. Foi então que começou a recuperar-se, imprimir um ritmo forte e pressionar inclusive os pilotos da classe principal.

O paulista chegou a marcar a terceira melhor volta da corrida, atrás apenas de dois pilotos da classe principal, e disputava novamente a liderança da classe light quando chocou-se com Arthur Fortunato na Curva 2 do anel externo do Autódromo Nelson Piquet.

O toque entre o bico do carro de Gaetano e a roda traseira de Fortunato fez o primeiro decolar, quase levando-o a uma capotagem. Em seguida, o carro desgovernado atravessou a pista e bateu contra a barreira de pneus, parando sobre ela.

Gaetano explicou o acidente sob seu ponto de vista: “Eu era bem mais rápido e quando fui ultrapassar o Fortunato ele me trancou. Para não bater eu recolhi o carro e fiquei atrás dele, bem perto, para tentar passar na hora da frenagem para a Curva 2. Mas ele freou muito antes e eu não tive tempo de desviar”.

Veja o vídeo do acidente gravado pela câmera onboard no carro do piloto: http://www.youtube.com/watch?v=Qe7-jkjoTwU&feature=youtu.be

Apesar do incidente, Gaetano destaca a boa performance do equipamento da RR Racing Team e a própria evolução como piloto da categoria: “O carro estava muito bom, e com os treinos e a corrida de ontem fui pegando confiança e aprendendo mais. Hoje estava confiante, motivado com o pódio da corrida anterior e acho que meu desempenho foi bom, o melhor até aqui”.

Sobre a continuidade no campeonato, o piloto é cauteloso: “Contei com o apoio da equipe e patrocínio da Duraplast e AmericaNet nestas duas primeiras etapas, e agradeço demais por isso, não conseguiria sem eles. Mas ainda não temos a temporada toda fechada, ainda estamos trabalhando nisso”.

A próxima etapa confirmada do calendário da F-3 Sul-americana será em São Paulo, dias 20 e 21 de julho. Antes disso pode haver uma prova na Argentina, em 29 e 30 de junho, mas a data ainda está a confirmar.

Posts Relacionados