F-Truck: Salustiano vence em Londrina

segunda-feira, 8 de abril de 2013

http://grelak.com.br/e-marketing/alta/eb8913099b132ea02d7443547b3d2b23.JPG
A corrida da segunda etapa da Fórmula Truck em Londrina foi dividida em duas partes. Começou com pista seca e terminou com pista molhada. Depois de vinte minutos de prova, a chuva chegou. A direção de prova determinou que todos os caminhões seguissem para os boxes para trocar os pneus para chuva. Nesse momento, os cinco primeiros eram Paulo Salustiano seguido por Régis Boessio, Diogo Pachenki, Djalma Fogaça e Leandro Reis.

Na segunda parte da corrida, disputada com chuva forte, Boessio ficou na ponta, seguido de Salustiano, Pachenki, Reis e Marques. Na somatória das “duas baterias” – que considerou os tempos das duas partes da corrida – Paulo Salustiano confirmou a primeira colocação, seguido por Régis Boessio, Diogo Pachenki, Leandro Reis e André Marques.

O que eles disseram

Após a corrida, a coletiva de imprensa reuniu os cinco primeiros colocados no GP Crystal em Londrina. Paulo Salustiano, da equipe ABF Racing Team, comemorou bastante o primeiro lugar no pódio em sua carreira. “Vinha batendo na trave, mas agora deu. Foi um fim de semana muito bom, onde andei bem com a pista seca e isso ajudou na primeira parte da prova. Dedico essa vitória ao Aurélio Félix, criador dessa categoria que deixou um grande legado”, disse.

Régis Boessio sabia que em condição de pista molhada, poderia levar vantagem sobre os demais pilotos. “Meu caminhão no seco não era tão bom, tanto que na primeira parte da corrida, acabei perdendo uma posição. Já, quando choveu, pude recuperar a liderança, acabei chegando em primeiro, mas pelo regulamento – que somou ao tempo final a diferença entre os caminhões antes da paralisação – terminei em segundo. Mas não fico chateado não, se esse é o regulamento, todos devemos seguir. Eu sei que podemos melhorar mas sei também que a vitória vai chegar”, afirmou.

Em sua segunda corrida pilotando um caminhão da Fórmula Truck, Diogo Pachenki já conquistou um pódio, finalizando a etapa de Londrina em terceiro lugar. “É uma vitória da equipe. Meu motor quebrou no warm up – aquecimento que antecede a corrida – e a equipe trabalhou feito leão em cima do caminhão. É maravilhoso fazer parte de um time competitivo e ter o Paulo Salustiano como companheiro de equipe”, relatou.

André Marques, quinto colocado na prova, relatou chorar após o fim da corrida ainda dentro do caminhão. “Chorei mesmo, foi emocionante chegar num pódio vendo todo o esforço da equipe em fazer um caminhão competitivo. Espero que este seja o primeiro pódio de uma temporada maravilhosa. Eu já estava com saudades de aparecer por aqui, a última tinha sido em Curitiba, no ano passado, então é maravilhoso”, finalizou. Leandro Reis, quarto colocado em Londrina, não participou da coletiva.

Confira o resultado final do GP Crystal de Fórmula Truck, válida pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck:

1º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 58:30.277
2º) Regis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, 58:32.886
3º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team,58:37.021
4º) Leandro Reis GO/Scania), Original Reis Competições, 58:38.927
5º) André Marques (SPMAN), RM Competições, 58:43.776
6º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 58:44.787
7º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 59:00.591
8º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, 59:03.592
9º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, 59:08.821
10º) Jansen Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, 59:10.207
11º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 59:12.098
12º) Alberto Cattucci (SP/Volvo), ABF/Volvo, 59:22.439
13º) Ronaldo Kastropil (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 59:26.853
14º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 59:28.081
15º) Debora Rodrigues (SP/MAN), RM Competições, 59:38.040
16º) Djalma Fogaça (SP/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, 59:42.041
17º) Edu Piano (SP/Ford), Território Motorsport, 00:13.026
18º) Felipe Giaffone (SP/MAN), RM Competições, a 3 voltas
19º) Pedro Gomes (SP/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, a 5 voltas
20º) Leandro Totti (PR/MAN), RM Competições, a 6 voltas
21º) Rogério Castro (GO/ Volvo), ABF Motorsport, a 11 voltas
22º) Adalberto Jardim (SP/MAN), RM Competições, a 11 voltas
23º) Danilo Dirani (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 12 voltas
24º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 18 voltas
25º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 21 voltas
Melhor Volta: Leandro Totti, 1:37.577 (média: 116.03 km/h)

Classificação do campeonato após 2 etapas:

1 º) Paulo Salustiano, 48 pontos
2 º) Régis Boessio, 41
3 º) Wellington Cirino, 32
4 º) Diogo Pachenki, 26
5 º) Geraldo Piquet, 23
6 º) Valmir Benavides, 16
7 º) João Maistro, 15
7 º) Leandro Reis, 15
7 º) André Marques, 15
10 º) Leandro Totti, 11
11 º) Beto Monteiro, 10
11 º) Alberto Cattucci, 10
13 º) Roberval Andrade, 8
14 º) Ronaldo Kastropil, 7
15 º) Pedro Muffato, 6
15 º) Jansen Bueno, 6
17 º) Djalma Fogaça, 5
18 º) Debora Rodrigues, 2
19 º) José Maria Reis, 1

Campeonato de marcas

1 º) Mercedes-Benz, 124 pontos
2 º) Scania, 33
3 º) Volvo, 31
4 º) Man Latin America, 27
5 º) Iveco, 26
6 º) Ford, 4

Posts Relacionados