Vettel pede desculpas à direção da Red Bull

sábado, 30 de março de 2013

O piloto alemão Sebastian Vettel, atual campeão do Mundo de Fórmula 1, apresentou desculpas aos elementos da direção da Red Bull por desobedecer às ordens de não ultrapassar Marc Webber no Grande Prémio da Malásia.

Em declarações ao canal de televisão Sky Sports, Christian Horner, diretor da escuderia de Vettel e Webber, revela que o piloto esteve no início da semana na sede da equipa, para preparar o Grande Prémio da China, e aproveitou para apresentar desculpas pelo sucedido.

No domingo, em Sepang, o piloto alemão ignorou as ordens para manter o segundo lugar e não "atacar" a liderança do seu companheiro de equipa.

"Ele disse que não pode fazer o tempo voltar para trás, mas admite que o que fez foi mau. Apresentou desculpas à equipa e a cada um dos responsáveis pela sua conduta, porque reconhece que a equipa tem uma importância vital", disse Horner.

O pedido de desculpas foi extensivo a Webber, que em Sepang, no final da corrida, demonstrou com gestos claros a sua indignação.

"A intenção da equipa era que Mark (Webber) ganhasse a corrida", reafirmou Horner, que espera que o australiano compreenda que não havia qualquer intenção de o prejudicar.

Posts Relacionados