Sargo enfrenta problemas no acerto do carro, mas pontua no Paulista de Marcas

terça-feira, 19 de março de 2013

http://www.motorbiz.com.br/images/stories/motorbiz/releases/2013/alta/r.sargo_mpsp02_02.jpg?utm_source=Nitronews+E-mail+Marketing&utm_campaign=Sargo+enfrenta+problemas+no+acerto+do+carro%2C+mas+pontua+no+Paulista+de+Marcas&utm_medium=emailA segunda etapa da temporada 2013 do Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos foi complicada para Ricardo Sargo desde o começo. O piloto não treinou durante as sessões livres da quinta-feira (14) e teve pouco tempo de pista na sexta. Mesmo assim, com pista seca e um novo motor preparado pelo gaúcho Rafael Cardoso, os tempos de voltas aproximavam-se dos líderes.

No sábado, no entanto, a situação ficou difícil quando a chuva deu as caras em Interlagos, na região sul da capital paulista. Sem um bom acerto para essas condições, o piloto amargou um 29º lugar no grid de 43 carros.

A equipe trabalhou em ajustes no carro, mas não recebeu a tempo as molas e amortecedores corretos para a pista molhada. Sargo fez o que pode na pista, escalou o pelotão até a 15ª posição, mas foi tirado da pista por um concorrente na freada da Curva do Lago e por muito pouco não bateu contra o muro de proteção. Com o incidente perdeu muitas posições e terminou apenas em 26º.

No intervalo entre as baterias a equipe Fast Racing conseguiu trocar as molas e amortecedores, e Sargo foi novamente à pista, sob forte chuva, com boas expectativas. “O carro é outro, está muito melhor agora” dizia o piloto, pelo rádio.

Foram 22 posições ganhas nas primeira 10 voltas de corrida, até que Sargo disputava a terceira colocação na prova quando saiu da pista ao tentar mais uma ultrapassagem na freada do “S do Senna”. “Não sei bem o que houve, o carro à frente freou um pouquinho antes e quando freei, escorregou totalmente e acabei rodando”.

O incidente fez Sargo perder muitas posições e terminar na 16ª colocação. A etapa foi frustrante em termos de resultados, mas deixou o piloto com uma sensação de missão cumprida ao final do dia: “Não estou triste, pudemos trabalhar no acerto desse carro para pista molhada, e isso é importante. Mesmo sem todas as peças que precisávamos, conseguimos ser rápidos, o que é muito bom, e pude marcar alguns pontos importantes para o campeonato”, disse o piloto.

Sargo ainda acrescentou: “Mas o que me deixou mais feliz foi o desempenho e confiabilidade do motor preparado pelo Rafael Cardoso. Tenho certeza que estamos no caminho certo para buscar vitórias nesse ano”.

A próxima etapa do Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos está marcada para o dia 7 de abril, e acontecerá em conjunto com as primeiras etapas do Campeonato Brasileiro de Marcas e Fórmula 3 Sul-americana.

Posts Relacionados