Moto 1000 GP: piloto português confirma presença no grid da GP 1000

segunda-feira, 18 de março de 2013


A terceira temporada do Moto 1000 GP, único Campeonato Brasileiro de Motovelocidade homologado pela Confederação Brasileira de Motociclismo, teve nesta sexta-feira (15) a confirmação de mais uma presença internacional. O português Miguel Praia vai compor o grid da principal categoria da competição, a GP 1000, em todas as oito etapas – a primeira delas confirmada para 21 de abril no autódromo paulista de Interlagos.

Piloto de motovelocidade desde os 16 anos, Praia vai defender a equipe carioca Center Moto Racing Team. “Tenho acompanhado o campeonato aqui de Portugal, mesmo de longe, vejo que está crescendo bastante. O formato do Moto 1000 GP me agrada. É um campeonato que tem uma abordagem boa, e que não fica nada a dever ao nível dos campeonatos da Europa”, diz o piloto português. “O projeto da Center Moto também me agrada”.

Praia acompanhou com especial atenção a fase europeia da carreira de Gilson Scudeler, hoje promotor do Moto 1000 GP, como piloto, entre o fim da década de 90 e o início da década passada. “Cresci aqui ouvindo as pessoas falando do Gilson e vendo as corridas dele, ele tem credibilidade”, aponta, sem esconder a ambição que acompanha suas metas: “Tenho muito respeito pelos pilotos brasileiros, mas vou com a Center Moto para disputar o título”.

Embaixador da Honda em Portugal, Miguel Praia reforça a expectativa de que mais pilotos de países europeus disputem o Moto 1000 GP em 2013. “Sei que outros pilotos europeus devem competir, como Mathieu Lissiana, que é um grande piloto”, lembra, citando o piloto francês que estreou na competição brasileira na rodada dupla que encerrou a temporada de 2012, em Curitiba – ele venceu uma das etapas, também pilotando para a Center Moto.

Tendo sua carreira marcada por atuações em inúmeros campeonatos na motovelocidade europeia, com títulos em séries de base, Praia, 35 anos, disputou duas edições do Mundial de Superbike, em 2004 – quando conquistou o título de melhor estreante do ano – e 2005. De 2007 a 2011, dedicou-se ao Mundial de Supersport, tendo como melhor colocação final o 12º lugar em 2010. Esteve duas vezes entre os cinco primeiros colocados no Macau GP.

CALENDÁRIO
O Moto 1000 GP, agora homologado como Campeonato Brasileiro, terá provas nas categorias GP 1000/GP Máster, GP Light, GP 600 e GPR 250. O calendário de etapas: 21 de abril – Interlagos (SP); 26 de maio – Curitiba (PR); 23 de junho – Interlagos (SP); 28 de julho – Brasília (DF); 25 de agosto – Cascavel (PR); 22 de setembro – Interlagos (SP); 20 de outubro – Santa Cruz do Sul (RS); 17 de novembro – Goiânia (GO).

Posts Relacionados