F-Truck: Cirino vence a primeira em 2013

segunda-feira, 11 de março de 2013


A corrida no Autódromo de Tarumã, em Viamão, Rio Grande do Sul, abriu o calendário da Fórmula Truck 2013 com pleno domínio dos caminhões da Mercedes-Benz. O GP Petrobras, que contou pontos para os Campeonatos Brasileiro e Sul Americano, teve Wellington Cirino como o vencedor, seguido de Geraldo Piquet, Paulo Salustiano, o gaúcho Régis Boessio e Valmir Benavides.

Animado com um fim de semana perfeito, onde dominou os treinos da sexta-feira (8) e esteve entre os dois melhores tempos nas sessões livres do sábado, além da pole-position, Wellington Cirino enalteceu o trabalho da equipe. “Trabalhamos forte no desenvolvimento do caminhão, que mudou muito em relação ao ano passado. A equipe estava muito motivada, e acho que esse foi o principal motivo de um fim de semana maravilhoso. Consegui uma largada muito boa, e mantive o ritmo. Temos que ajustar alguns detalhes para as próximas etapas. Só tenho a agradecer muito a todo o time”, disse o piloto da ABF/Mercedes-Benz. 

Segundo colocado após a bandeirada final, Geraldo Piquet reforçou o discurso de seu companheiro de equipe Cirino, e lembrou da ‘ajuda’ de David Muffato, que bateu forte no top qualifying e não conseguiu alinhar seu caminhão no grid. “Foi mesmo um fim de semana fantástico. Acabei assumindo a quarta colocação que era do David Muffato, que infelizmente não pode correr e acredito que isso me beneficiou muito. Venci em Tarumã na última prova realizada aqui em 2007 e é muito gratificante voltar ao pódio numa pista rápida e competitiva como essa”, frisou.

A CORRIDA

Wellington Cirino manteve a liderança na largada. Roberval Andrade e Geraldo Piquet, que vinham logo atrás, mantiveram suas posições, adotando postura de cautela. Ainda na primeira volta de corrida, Andrade já dava sinais da pressão que exerceria sobre o líder. Régis Boessio superou Beto Monteiro e Paulo Salustiano ainda na primeira volta. Monteiro abandonou a prova na volta seguinte, com problemas no Iveco número 88.

A corrida seguiu bastante disputada na pista gaúcha, e ficou ainda melhor na sua parte final. A última relargada foi dada a três voltas do fim do GP Petrobras, com Benavides atacando a quarta posição de Boessio e Salustiano reabrindo suas tentativas de tomar o segundo lugar de Piquet. O início da última das 27 voltas marcava um duelo forte entre Benavides e Totti pelo quinto lugar, que valia um lugar no pódio da prova – o paulista da Scuderia Iveco manteve a posição, com o atual campeão cruzando a linha de chegada em sexto.

A segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, no dia 7 de abril, marcará a volta da categoria a Londrina, no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Em Tarumã, depois de 27 voltas, o resultado do GP Petrobras foi o seguinte:

1º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1h00min53s003
2º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 0s786
3º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 1s096
4º) Régis Boessio (SP/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, a 2s613
5º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, a 4s345
6º) Leandro Totti (PR/MAN), MAN Latin America Racing Team, a 5s243
7º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 7s091
8º) Alberto Cattucci (SP/Volvo), ABF/Volvo, a 7s883
9º) Diogo Pachenki (PR/Volvo), ABF/Volvo, a 12s490
10º) Ronaldo Kastropil (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 13s557
11º) Djalma Fogaça (SP/Ford), a 14s425
12º) André Marques (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, a 14s754
13º) Débora Rodrigues (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, a 19s353
14º) Jansen Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, a 21s089
15º) Edu Piano (SP/Ford), Território Motorsport, a 27s582
16º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 5 voltas
17º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 6 voltas

NÃO COMPLETARAM

Danilo Dirani (SP/Ford), 
Adalberto Jardim (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, a 21 voltas
Felipe Giaffone (SP/MAN), MAN Latin America Racing Team, a 21 voltas
Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, a 22 voltas
Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, a 25 voltas

NÃO LARGARAM

José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições
David Muffato (PR/Scania), Muffatão
Melhor volta: Cirino, na 2ª, 1min22s420, média de 131,735 km/h

CLASSIFICAÇÃO

Após a primeira das 10 etapas, a tabela do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck é: 1º) Cirino, 32 pontos; 2º) Piquet, 23; 3º) Salustiano, 19; 4º) Boessio, 15; 5º) Benavides, 12; 6º) Totti, 10; 7º) Maistro, 8; 8º) Cattucci, 7; 9º) Pachenki, 6; 10º) Kastropil, 5; 11º) Fogaça e Andrade, 4; 13º) Marques, 3; 14º) Rodrigues, 2; 15º) Bueno, 1. O campeonato de Marcas: 1º) Mercedes-Benz, 62; 2º) Volvo, 18; MAN, 15; Iveco, 12; Scania, 5; Ford, 4.

Posts Relacionados