Briatore: "Vettel manda na Red Bull"

terça-feira, 26 de março de 2013

Flavio Briatore comentou esta terça-feira o episódio protagonizado por Mark Webber e Sebastian Vettel no último GP da Malásia, com o alemão a ultrapassar e a retirar a vitória ao colega na Red Bull, contrariando as ordens da equipa.

“Penso que já não existe qualquer relação entre eles. No ano passado já era visível que se tratava de uma relação muito formal e, depois disto, acho que nada pode ser corrigido. São dois profissionais e é impensável que no futuro o Webber ajude o Vettel, ou vice-versa”, afirmou à RAI Radio o empresário italiano e ex-chefe de equipe de Benetton e Renault na F1.

“Vettel manda na Red Bull e não se pode ter um chefe de equipa a decidir e conduzir ao mesmo tempo. Se houvesse um diretor com coragem, teria ordenado que eles tivessem trocado de lugares novamente. Temos dois inimigos dentro de uma equipa e isso poderá beneficiar a Ferrari.

Briatore defendeu ainda a saída de Vettel da Red Bull, uma vez que o australiano está em final de contrato: “É certo que vai sair. No ano passado já havia problemas… O carro é muito competitivo e por isso os pilotos querem lá ficar, mas o que se pensou em Sepang é a prova de que não há responsáveis na Red Bull”.

Posts Relacionados