Sprint Race: em segundo ano, pilotos traçam novas metas

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013



Além das novas faces, a segunda temporada da Sprint Race terá a manutenção dos nomes que compuseram o grid no ano passado. Estes pilotos, que aprovaram o campeonato com louvor em 2012, pretendem expandir suas ambições neste ano, uma vez que já estão habituados ao formato da categoria.

Um deles é Caito Vianna. Vencedor da corrida mais disputada da história da Sprint Race, recebendo a bandeirada apenas alguns metros à frente de Rodrigo Barone, o campineiro seguirá com seu carro amarelo número 15 e pretende construir em cima da sétima colocação na tabela de pilotos.

O principal objetivo de Vianna nesta segunda temporada é justamente disputar o título até a última corrida. "Ano passado foi de aprendizado e, por ser um ano de estreia, superou minhas expectativas. Com o ganho de upgrade de potência e equipamentos eu não vejo a hora de voltar a acelerar. Minha ideia neste ano é lutar pelo título", destaca.

Outro piloto do interior paulista na disputa, Marcelo Rodriguez, que foi parceiro de Caito em algumas etapas do ano passado, unirá forças com Eduardo Serratto em 2013 e também traça grandes objetivos para a parceria e para o ano, que é estar com frequência na lista dos cinco melhores de cada corrida.

"Depois desse primeiro ano, vamos buscar subir com mais frequência no pódio. Ainda estamos em adaptação ao carro, busquei me preparar competindo em campeonatos fortes de kart aqui de São Paulo e acredito que, com as modificações, o carro será mais difícil e forte de guiar, mas isso é igual para todos. Nós queremos exatamente ter mais frequência no pódio", ressalta Rodriguez.

Serratto, por sua vez, é um pouco mais ambicioso. "Quero ganhar uma corrida. Ano passado, quando era novato de tudo, cheguei em terceiro, então neste ano, onde acredito ter uma experiência similar aos meus colegas de grid, minha intenção é tentar ganhar uma prova. Quem não quer ganhar, né?", completa.

Posts Relacionados