Alonso desdramatiza ausência nos testes

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013


A Ferrari arrancará para os testes de pré-temporada sem Fernando Alonso que, por opção, cede o desenvolvimento do F138 em exclusivo ao companheiro de equipa Felipe Massa, no decorrer dos testes de jerez, entre 5 e 8 de fevereiro. Ainda assim, o espanhol acredita que a decisão é acertada.

"Vou acompanhar os testes com grande interesse e analisarei todas as informações que vierem de Jerez. Nas próximas semanas, vou concentrar-me na preparação [física] para o campeonato", afirmou Alonso esta sexta-feira, na apresentação do carro, em Maranello, frisando:

"Estive envolvido em trabalho com a equipa em dezembro e janeiro, que durou até há uma semana. Assim, o mais correto agora é afastar-me e preparar-me um pouco melhor, de forma a estar a 100 por cento entre a Austrália e o Brasil. Há um grande nível de confiança entre todos nesta equipa. Confiamos uns nos outros. Temos uma equipa grande, não é apenas um."

Alonso destacou depois que o facto de terem sido feitas poucas mudanças no regulamento técnico pode ser decisiva na próxima temporada:

"Creio que será muito difícil voltar a acontecer o mesmo do ano passado, com sete vencedores diferentes nas sete primeiras corriadas, acho que isso foi realmente único. Com as novas regras, a F1 estava mais diferente. Na segunda metade da temporada, com as coisas mais estabilizadas, as equipas de topo emergiram. Acredito que haverá duas ou três equipas que vencerão praticamente todos os GP e a Ferrari tem de ser uma delas."

Posts Relacionados