KART: Victor Uchôa disputa Super Kart Brasil em Interlagos

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013


O pilotoVictor Uchôa estreia nesta semana na temporada 2013. O potiguar disputa, apartir da próxima quinta-feira (24), o Super Kart Brasil, competição que acontece no Kartódromo de Interlagos em São Paulo. A prova segue até domingo.

Kartista experiente no cenário nacional e internacional, apesar de ter apenas 12 anos, Uchôatem como objetivo conquistar o título em Interlagos, uma das poucas pistasbrasileiras que o potiguar ainda não conseguiu o lugar mais alto do pódio.


“Interlagos é uma pista clássica do automobilismo brasileiro. Já corri cerca de oito vezeslá e ainda não consegui um título. É um local que se torna mais difícil, porqueé o local de treinamento de boa parte dos pilotos dos melhores pilotos do país.Mas acredito que dessa vez será possível. Se não for, o pódio também é umagrande vitória”, comenta o kartista, que destaca o nível organização do SuperKart Brasil, como um dos possíveis triunfos. “É uma prova nos moldes europeusde disputa. Tem até mesmo uma câmera on-board, que pode ter as imagens solicitadaspelos comissários técnicos, para evitar dúvidas”, salienta.


A experiência também é uma qualidade que deixa o kartista otimista para a prova.O piloto está em temporada de despedida na prova Super-Cadete e já conhece bemos seus adversários da categoria. Para conseguir um bom resultado, Victor contacom o apoio das marcas Potigás, Hotel Sombra e Água Fresca, Livraria CâmaraCascudo, Faculdade dos Guararapes, Casa Norte Atacado e RN Vida.


“Graças a Deus, temos marcas fortes acreditando no nosso projeto, para esse ano de 2013. Vamosà busca dos nossos objetivos, passo a passo. Tem muita coisa boa esse ano,Campeonato Brasileiro, Nordeste e, principalmente, estamos planejando o retornoà Europa. A cada corrida, a gente pensa sempre em buscar a vitória, por maisdifícil que seja, mas se conseguir repetir os resultados da temporada passada,quando fui ao pódio em todas as provas, será novamente de grande valia”, planejao kartista, que terá, em Interlagos, os equipamentos Mittag (motor) e Mini (chassi),além da preparação de Dudu Tchê. “É uma equipe que confio muito”, resume.


Apesar do momento de otimismo, Victor Uchôa lamenta o maior baque da carreira: o inícioda demolição do Kartódromo de Natal. Enquanto não se tem uma definição sobre aconstrução de um novo espaço para a modalidade, o piloto não terá um local pararealizar treinamentos. O kartódromo mais próximo é o de Paulista (PE), à 300kmde Natal.


“Acredito muito na sensibilidade da Governadora Rosalba Ciarlini, que tem sempre semostrado atenciosa com as questões do esporte e sensata em suas decisões. O RioGrande do Norte está em crescente no kartismo. Tem muito piloto bomrepresentando o Estado, como Johilton Pavlak, Guilherme Barreto, Gabriel Aguiare Gabriel Rebouças, que também vai competir no Super Kart Brasil. Com certeza, acreditoque sairá uma solução rapidamente”, prevê Victor Uchôa.


Outrapreocupação vivida no kartismo é a possibilidade dos mecânicos que trabalhamdiariamente no Kartódromo trocarem de profissão, fato que dificultaria aindamais o surgimento de novos pilotos, já que a experiência desses profissionais éfundamental para a preparação dos veículos. 

Entretanto, espera-se uma soluçãopara a questão, já que foi firmado, em 2011, um compromisso entre a GovernadoraRosalba Ciarliani e o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo,Cleyton Pinteiro, para a construção de um novo kartódromo em Natal.

Posts Relacionados