Diário Motorsport completa 4 anos

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013


Por Americo Teixeira Jr. – Em 2009, exatamente no dia 9 de janeiro, nascia o Diário Motorsport. Portanto, são quatro anos rabiscando algumas coisas por aqui e tendo a gentil companhia de muitos Leitores. E, para comemorar, foi firmada uma parceria com o Grande Prêmio, que sem dúvida será muito interessante.

Aliás, o meu entrosamento com a turma do Flávio Gomes e do Victor Martins é antigo. Temos feito muitas coisas juntos ultimamente, o Grande Prêmio tem aberto as portas para divulgar as notícias relevantes do Dário Motorsport e também sou colunista da revista Warm-Up. Assim, parafraseando a vida real, já “morávamos juntos”. Agora foi simplesmente o “casamento” de papel passado.

Durante esse quatro anos, algumas notícias, realmente, deram orgulho ao publicar. Outras, não foram “aquelas coisas”. Mas o grande barato de fazer o Diário Motorsport é o fato de o site se propor a ser um espaço para notícias exclusivas e inéditas. Claro que nem sempre isso é possível, mas qual seria a graça de projetar metas facilmente alcançáveis?

A tentativa nesse tempo todo foi a de cobrir dois flancos que pudessem servir como sustentáculo do Diário Motorsport. O primeiro deles era o de realmente servir como uma alternativa ao Leitor, de modo que ele se acostumasse a visitar o site em busca de algo novo.

O outro foi o site ser resultado da máxima satisfação de fazer jornalismo. Diferentemente do que acontecia nos meus tempos de editor chefe da RACING e principalmente da MOTORSPORT BRASIL, nunca quis impor obrigações ao site com espaços fixos, colunas e coisas do gênero.

Certo ou errado, o trabalho aqui desenvolvido segue em linha direta com o entusiasmo jornalístico. O que me motiva é ir atrás dos furos, das notícias exclusivas, das entrevistas e dos fatos históricos. É por isso que eu fico alguns dias sem escrever nada. É porque estou atrás das coisas.

A maioria das chamadas investigações dá em lugar algum, mas quando se acerta é muito legal. De todas as recentes investidas, a margem de erros tem sido pequena e assim quero continuar, pelo menos, e ampliando o grau de acerto. Então, obrigado pela audiência e vamos em frente!

Posts Relacionados