Alonso estava convencido que o título não lhe fugiria

quarta-feira, 28 de novembro de 2012


No final do Grande Prémio do Brasil, Fernando Alonso tentou minimizar a desilusão mas o rosto fechado e olhos tristes não conseguiram esconder o que lhe ia na alma.

Conta, esta terça-feira, o jornal "Marca" que na manhã de domingo, o piloto espanhol estava convencido que ia ser campeão do Mundo. Alonso terá dito isso a algumas pessoas que lhe são próximas, perante as quais se mostrou muito sorridente.

A convicção do espanhol prendia-se sobretudo com a grande motivação (não temendo enfrentar uma situação limite) com que encarava o GP Brasil.

Afinal até choveu mas o carro esteve mais lento do que o esperado e o título foi para Vettel.

Posts Relacionados