F-Truck: participação maciça do público é destaque em Cascavel

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O público de Cascavel e das cidades da região ofereceu uma resposta à altura do retorno do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck à cidade. O GP Crystal, disputado no último domingo (5), reuniu mais de 50.000 pessoas no Autódromo de Cascavel-Zilmar Beux, onde não havia uma corrida da categoria desde 2007. A lotação do local durante o fim de semana deixou impressionada a presidente da Truck, Neusa Navarro.

“Eu me senti recompensada e realizada com o sucesso do evento em Cascavel. Fiquei superfeliz com a aposta que fiz”, declarou Neusa, que esteve na cidade quase dois meses antes da prova, visitando as obras no autódromo, e confirmou Cascavel como sede da etapa sem que os trabalhos estivessem concluídos. “Eu sabia que ia dar público, sabia do carinho de Cascavel com a Fórmula Truck. O resultado está aí”, disse.

Os números de ingressos e credenciais consumidos na etapa ainda não foram fechados. “Seguramente passamos de 50.000 torcedores, fácil, fácil. No sábado à noite, segundo as informações da nossa equipe de segurança e de profissionais militares, tínhamos entre 13.000 e 14.000 pessoas acampadas no autódromo, e tudo isso sem nenhum incidente, com todo mundo respeitando a estrutura do evento. Foi muito, muito bom”, avaliou.

A presidente da categoria prevê participação maciça da torcida nos eventos do automobilismo. “O povo estava com saudade da Fórmula Truck e veio com força, tenho certeza que as outras categorias que farão suas corridas aqui vão ter um público impressionante, também. Cascavel ficou muitos anos fora das corridas nacionais, e agora que as corridas estão voltando sei que os cascavelenses vão corresponder. Já estão correspondendo”, frisou.

A vitória no Grande Prêmio Crystal, em Cascavel, foi do paranaense Leandro Totti. O piloto da ABF Racing Team também ganhou as duas corridas anteriores, em Goiânia e São Paulo, e é o novo líder da temporada, agora com 17 pontos de vantagem sobre o pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco, que abandonou a corrida. As quatro últimas etapas terão 128 pontos em jogo e a próxima, no dia 9 de setembro, em Córdoba, na Argentina.

Posts Relacionados