Moto 1000 GP: BH Racing evidencia motovelocidade mineira com sete pilotos

quarta-feira, 11 de julho de 2012



Aberta no mês passado com as provas da primeira etapa no autódromo paulista de Interlagos, a temporada de 2012 do Moto 1000 GP tem entre suas principais características a distribuição geográfica na lista de inscritos. Os 84 pilotos que participaram da disputa de 17 de junho representaram dez estados brasileiros. Minas Gerais, respondeu por 8,33% do total. Os sete competidores mineiros integram a equipe BH Racing, com sede em Belo Horizonte.

 

Cinco dos pilotos da BH Racing disputam categoria GP 600, novidade de 2012. "Todos iríamos participar da GP Light, a nova divisão de categorias ficou bem melhor para os pilotos que têm motos de 600 cilindradas, sem dúvida", considera Diego Faria, que levou a Honda CBR 600RR número 4 ao 13º lugar em Interlagos. "A primeira etapa foi um desafio grande para toda a equipe, mas todo mundo voltou para Belo Horizonte satisfeito com os desempenhos".

A BH Racing ficou perto do pódio na GP 600 com Diego Moysés, quarto colocado com a Yamaha YZF R6 número 99. Outro piloto da equipe no grupo dos 10 primeiros foi Fábio Teixeira Neto, oitavo com a YZF R6 número 90. Com a CBR 1000 número 75, Fabrício Castro conquistou pontos para o time mineiro com a 14ª posição. Lucas Moysés, outro adepto do modelo da Honda, inscrito com o número 85, enfrentou problemas e abandonou a corrida.

Os outros dois pilotos da BH Racing compõem a disputa da categoria GP Light no Moto 1000 GP. Pablo Moysés, piloto da BMW S1000RR número 77, terminou a primeira etapa em 26º lugar. Marlon André levou a Suzuki GSX R1000 número 6 à 38ª posição. Dos 84 participantes da primeira etapa, 46 tomaram parte do grid da GP Light. Exceção feita a André, representante da cidade de Ipatinga, todos os pilotos da equipe residem em Belo Horizonte.

As provas da segunda etapa do Moto 1000 GP estão confirmadas para dia 19 de agosto no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). As demais etapas serão disputadas nas pistas de Santa Cruz do Sul (RS), Brasília (DF), Cascavel (PR) e Rio de Janeiro (RJ). A temporada de 2012 do Moto 1000 GP tem patrocínio de Petrobras, Lubrax, BMW Motorrad e Michelin, além dos apoios de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto, Ohlins e Bell.

Posts Relacionados