F-Truck: Interlagos evidencia um evento movido a desafios

sábado, 7 de julho de 2012

http://grelak.com.br/e-marketing/alta/aab0abf01fe6bb42c4e47f339fb4f68b.jpgOs números gigantescos não são a principal característica da Fórmula Truck. Em sua 17ª temporada, a competição dos caminhões mais rápidos do mundo mantém-se movida a desafios, sejam eles inéditos ou mesmo calçados na meta de superar conquistas anteriores. Nesse contexto, o fim de semana da quinta etapa é emblemático – a Truck terá no domingo (8) a quinta corrida de 2012, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo.
Reconhecida por pilotos, patrocinadores e organizadores como etapa mais movimentada do calendário, a prova em Interlagos, que neste ano coloca em disputa o Grande Prêmio Petrobras, impõe desafios adicionais ao objetivo anunciado por Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck, de mobilizar um público aproximado de 60.000 espectadores. “De fato há desafios a mais nesse evento, mas nós somos movidos a desafios”, anima-se a dirigente.

Pela primeira versão do calendário, divulgada no início do ano, a etapa de Interlagos teria acontecido no último domingo (1º). Contudo, coincidiria com a final da Eurocopa, o que inviabilizaria a transmissão da corrida ao vivo pela Rede Bandeirantes. “Alguns meses atrás nós não tínhamos certeza do horário do jogo, havia a necessidade de definirmos todo o planejamento e optamos por adiar a corrida em São Paulo para o dia 8”, segundo informa Neusa.

Ao confirmar a mudança de data, Neusa tinha ciência das dificuldades que o evento poderia enfrentar. Em primeiro lugar, por já haver ciência de que o jogo decisivo da Taça Libertadores da América aconteceria quatro dias antes. “E a gente sabia que a chance de haver um time brasileiro na final era grande”, ela frisa. Além disso, atentou-se para o fato da segunda-feira (9) ser um feriado estadual, alusivo à Revolução Constitucionalista de 1932.

“A gente estava ciente do feriadão, é sempre um convite para que as pessoas se programem para viajar, e sabia também da decisão da Libertadores na semana da corrida, e com o título do Corinthians ainda existe uma espécie de ‘ressaca’ da Libertadores, mas encaramos o desafio”, lembra Neusa. “Quem gosta da Fórmula Truck vai ficar em São Paulo e vai para o autódromo. Só há uma corrida aqui por ano, tenho certeza de que será mais um sucesso”.

Dentre os desafios listados por Neusa Navarro no histórico recente da Fórmula Truck, vários dizem respeito às novidades implantadas no calendário. Em 2009, transpôs a fronteira e teve sua primeira corrida na Argentina. A etapa de Buenos Aires integrou o calendário até 2011, em eventos conjuntos com a Top Race V6. Em 2012 a Fórmula Truck terá uma etapa isolada na Argentina, sem dividir programação. Será em Córdoba, no mês de setembro.

Outro desafio vencido pela Fórmula Truck nas últimas temporadas foi a inclusão do autódromo de Jacarepaguá na lista dos que recebem etapas. O Rio de Janeiro proporciona, desde 2010, uma das etapas mais movimentadas da competição, auferindo público médio superior a 40.000 espectadores nas três edições do evento. A etapa de Interlagos, neste domingo, terá largada às 13 horas será transmitida ao vivo em HD pela Rede Bandeirantes.

Posts Relacionados