Moto 1000 GP: primeira etapa reúne 84 pilotos de 10 estados brasileiros

terça-feira, 19 de junho de 2012

Com 84 participantes, a primeira etapa Moto 1000 GP apresentou um resultado bastante positivo a pilotos, equipes, organizadores e parceiros. É esta a avaliação do diretor da competição, Gilson Scudeler, baseada no evento que movimentou o Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo, no último fim de semana. As três corridas aconteceram no domingo (17) e foram televisionadas pela Record News e pela Record Internacional.
“Foi um evento com muitos aspectos positivos”, avaliou Scudeler, que apontou o total de pilotos inscritos como “boa surpresa”. “Tivemos 84 pilotos já na primeira etapa. Uma boa surpresa, mas por outro lado isso já era esperado, pelo trabalho realizado”, ponderou. A grande adesão levou, já na semana da primeira etapa, à criação imediata da categoria GP 600. “Essa categoria estava no projeto inicial e aconteceria a partir de 2013”, ele revelou.

Dez estados foram representados na primeira etapa do Moto 1000 GP. Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo tiveram pilotos representantes nas corridas em Interlagos. “E tivemos equipes específicas de Pernambuco, de Minas, do Rio, todas elas com vários integrantes na pista. Isso dá uma dimensão do Moto 1000 GP”, entende Scudeler.

O padrão de excelência proposto pelo Moto 1000 GP foi evidenciado dentro e fora da pista, segundo Scudeler. “Os nossos patrocinadores ficaram satisfeitos, fizeram várias ativações muito interessantes. Tivemos bom público, uma grande quantidade de convidados no paddock e nos boxes e, na pista, as disputas foram ótimas em todas as corridas”, disse. “O primeiro passo foi dado, e o resultado é muito positivo”, finalizou o diretor do evento.

A temporada 2012 do Moto 1000 GP terá sequência no mês de julho, com corridas das três categorias no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. Depois a competição passará por Curitiba (PR), Santa Cruz do Sul (RS), Cascavel (PR) e Jacarepaguá (RJ). A competição conta com patrocínio de Petrobras, Lubrax, BMW Motorrad e Michelin, além do apoio de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto e Bell.

Posts Relacionados