F-Truck: vitória não muda estratégia de Totti na caça ao título

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Leandro Totti conquistou, na quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, sua quinta vitória na categoria. O paranaense da ABF Racing Team venceu a corrida do dia 3 de junho no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), assumiu a quarta colocação na tabela de pontos e pôs fim a um jejum de vitórias de mais de cinco anos – o último primeiro lugar havia acontecido na segunda corrida de 2007, em Tarumã.

A vitória em Goiânia não mudou o foco do trabalho de Totti e da equipe. “A estratégia que a gente vem trabalhando não muda em nada. No começo do ano eu disse que nem fazia questão de ganhar corridas, mas que queria o título e sabia que a regularidade seria o caminho certo para isso”, comenta o piloto. “Em Goiânia nós conseguimos chegar a uma configuração do caminhão que nos deu mais resistência, mais confiabilidade”, indica.

A configuração mais eficiente citada por Totti passa por modificações no conjunto de suspensão do Mercedes-Benz número 73. “A suspensão ficou bem mais eficiente. Com isso, conseguimos diminuir um pouquinho da potência do motor, saindo da margem de quebra. O caminhão estava muito no limite, e aí quebrava. Agora, com um ‘chão’ melhor, conseguimos andar rápido e longe do limite de quebra. É uma melhora fundamental”, explica.

As quebras tiraram Totti das duas primeiras corridas do ano, disputadas nas pistas do Velopark e de Jacarepaguá. “Eu liderei as duas corridas”, frisa. A terceira etapa, em Caruaru, marcou seu primeiro pódio no ano, com um quinto lugar. “Lá a gente não tinha um caminhão para andar na frente, e por isso trabalhamos pelo pódio. Deu certo. Em Goiânia, o equipamento melhorou muito e a vitória veio. Já estava na hora de ganhar de novo”, alivia-se.

Foi em Interlagos, palco da próxima corrida, que Totti conquistou sua segunda vitória na Fórmula Truck, em 2005. As outras ocorreram em Campo Grande/2004, Caruaru/2006, Tarumã/2007 e Goiânia/2012. “É diferente ganhar em Interlagos, não dá para descrever como é chegar lá em uma pista que tem Fórmula 1, onde todo mundo treina e corre mais motivado, os patrocinadores também têm uma etapa especial, é a principal praça da Truck”, aponta.

Leandro Totti vê boa chance de disputar a vitória na quinta etapa, no dia 8 de julho. “A gente vai com boas condições, mas sabendo que o nível de hoje da Truck dificulta bastante tudo isso. É fácil citar dez nomes aqui que podem perfeitamente conquistar a vitória em São Paulo. Precisamos ter os pés no chão, mas vamos brigar, sim, sempre pensando mais no campeonato que na vitória. A etapa de Interlagos é desgastante, como a de Goiânia”, lembra.

CLASSIFICAÇÃO
Totti é quarto colocado na classificação do Campeonato Brasileiro, com 48 pontos. O líder pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco, tem 87. A vice-liderança é do também paranaense Wellington Cirino, da ABF/Mercedes-Benz, com 60, enquanto o paulista André Marques, da RM Competições, soma 60. Paulo Salustiano, da ABF/Volvo, com 39, e o tricampeão Felipe Giaffone, também da RM, com 38, completam o grupo dos seis primeiros.

A corrida em Interlagos será a terceira das quatro que compõem o Sul-Americano da Fórmula Truck. Totti é sexto colocado na competição continental, com 18 pontos. Monteiro lidera com 49, contra 41 de Marques, 38 de Cirino, 23 de Giaffone e 21 de Adalberto Jardim, da AJ5 Competições. Os treinos do GP Petrobras, em São Paulo, terão início na sexta-feira, dia 6. A corrida do dia 8, com largada às 13h, será transmitida ao vivo em HD pela Band.

Posts Relacionados