F-Indy: Hunter-Reay vence em Milwalkee; Kanaan é o 2º

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Ryan Hunter-Reay foi o grande vencedor do GP de Milwalkee, disputado na tarde deste sábado (16) no mais antigo circuito de corridas dos Estados Unidos. O piloto da Andretti-Chevrolet foi o que melhor trabalhou o consumo de pneus e combustível, aliando seus pit stops aos momentos certos da corrida para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar, com 5s1029 de vantagem para Tony Kanaan, segundo colocado, e mais de sete segundos à frente de seu companheiro de equipe, o canadense James Hinchcliffe, o terceiro.

Foi um bom sábado para os brasileiros. Além do segundo lugar de Kanaan, que relatou dificuldades com o consumo de combustível e velocidade de seu carro, Helio Castroneves liderou boa parte da corrida, apostou em uma estratégia contando com uma parada a menos - e uma bandeira amarela a mais - e terminou em sexto lugar. Já Rubens Barrichello fez corrida consistente para fechar em décimo lugar.

"Que corrida! O script foi perfeito", comemorou Hunter-Reay, que venceu em Milwalkee em 2004, ainda pela CART, e conquistou hoje sua sexta vitória na Fórmula Indy. "Foi uma das corridas mais fisicamente exigentes que já fiz na vida. Estive sempre no limite, sempre bastante ocupado dentro do carro", finalizou.

Destaque para o espanhol Oriol Servià, que largou da 20ª posição para terminar em quarto lugar; e EJ Viso, que sempre esteve entre os dez primeiros para fechar o top-5 da corrida disputada no estado de Winsconsin.

A corrida - Em um oval de características distintas (apenas uma milha e praticamente sem inclinação alguma nas curvas), os pilotos guiavam com configuração bastante parecida com a de um circuito misto de alta velocidade. A primeira bandeira amarela foi dada na 67ª das 225 voltas da prova, quando a suíça Simona de Silvestro rodou com seu HVM Lotus na saída da curva 4. Antes dela, Josef Newgarden já havia abandonado na 38 com problemas mecânicos.

A relargada, na volta 80, tinha Viso na liderança, seguido de Barrichello, Hunter-Reay e Dario Franchitti. Na 95, nova bandeira amarela: o motor Honda do carro de Justin Wilson - vencedor do GP do Texas, há uma semana - estoura e causa o abandono do inglês. Na 97, todos os carros vão para suas paradas, e Helio Castroneves pula para a liderança. Na 103, bandeira verde que durou apenas cinco voltas: Takuma Sato tocou em James Jakes e os dois foram parar no muro; ao mesmo tempo, JR Hildebrand parava na reta oposta com o motor Chevrolet do carro da Panther também estourado.

Relargada na volta 123 e Ryan Hunter-Reay aperta o ritmo para cima de Helio Castroneves, que precisa economizar combustível, pois previa apenas mais uma parada. O norte-americano pulou para a ponta no giro 142. Pouco antes, Scott Dixon foi penalizado e teve de cumprir um drive-through por ter desrespeitado a ordem de não ultrapassar sob bandeira amarela.

Na volta 182, um alívio para Castroneves, àquela altura em terceiro, atrás de Hunter-Reay e Tony Kanaan: bandeira amarela por causa da umidade detectada em um trecho do "The Mile". Dixon e Franchitti foram os únicos a fazerem pit stop durante a amarela, apostando em um ritmo mais forte na parte final.

A relargada veio na volta 192, e dois giros depois foi a vez de Franchitti acertar o muro da curva 4. Aparentemente, um toque com Ryan Briscoe duas curvas antes danificou a suspensão traseira direita de seu carro, o que fez o escocês perder a estabilidade.

Com 25 voltas para o final, bandeira verde até o fim, com Hunter-Reay consolidado na ponta. James Hinchcliffe foi quem vinha em ritmo forte nas voltas finais, ultrapassando EJ Viso e Oriol Servia na volta 218 e ficando com o terceiro lugar.

No próximo sábado (23) começa a segunda metade da temporada da Fórmula Indy, no oval de Iowa, em prova de 250 milhas.

Resultado do GP de Milwalkee:
1-) Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet) - 225 voltas
2-) Tony Kanaan (BRA/ KV Racing-Chevrolet) - a 5s1029
3-) James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet) - a 7s2715
4-) Oriol Servia (ESP/DRR-Panther-Chevrolet) - a 9s8940
5-) EJ Viso (VEM/KV Racing-Chevrolet) - 10s0782
6-) Helio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet) - a 12s1105
7-) Alex Tagliani (CAN/Barracuda-Honda) - a 12s3440
8-) Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet) - a 12s7376
9-) Graham Rahal (EUA/Ganassi-Honda) - a 13s3395
10-) Rubens Barrichello (BRA/KV Racing-Chevrolet) - a 13s8178
11-) Scott Dixon (NZL/Ganassi-Honda) - a 14s3764
12-) Will Power (AUS/Penske-Chevrolet) - a 24s2642
13-) Simon Pagenaud (FRA/Schmidt-Hamilton-Honda) - a 1 volta
14-) Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet) - a 1 volta
15-) Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet) - a 1 volta
16-) Mike Conway (ING/AJ Foyt-Honda) - a 1 volta
17-) Charlie Kimball (EUA/Ganassi-Honda) - a 1 volta
18-) Katherine Legge (ING/Dragon-Chevrolet) - a 5 voltas
19-) Dario Franchitti (ESC/Ganassi-Honda) - a 32 voltas
20-) Takuma Sato (JAP/Rahal-Leterman-Honda) - a 118 voltas
21-) James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda) - a 119 voltas
22-) JR Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet) - a 120 voltas
23-) Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda) - a 132 voltas
24-) Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus) - a 163 voltas
25-) Josef Newgarden (EUA/Fisher-Hartman-Honda) - a 177 voltas

Posts Relacionados