F-Indy: Castroneves vai de 5º a 17º após interrupção da prova de Detroit

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Grand Prix em 17º lugar, posição muito diferente daquela que defendia quando a prova foi interceptada por bandeira vermelha.

Depois de marcar o 9º tempo no Qualifying, o piloto do Team Penske subiu uma posição no grid em função da perda de dez posições de Graham Rahal, que largaria à sua frente e foi punido por troca de motor.

Logo na largada, Castroneves subiu uma posição e foi galgando posições,mesmo diante das características do circuito, com poucos pontos de ultrapassagens. Ele era o 5º classificado quando a direção de prova optou por interromper a corrida, na 45ª volta, visto o descolamento do composto de borracha que foi usado para eliminar algumas rachaduras.

Apóso  reparo, com aplicação de massa asfáltica de rápida secagem, acorrida foi retomada já com sua duração abreviada para um total de60 voltas e não mais as 90 previstas. Alguns acidentes aconteceram nessa fase final e num deles a asa dianteira do Dallara Chevrolet de Castroneves foi danificada. Em seu retorno à pista, não houve mais tempo para avançar.

“Foi uma pena o que aconteceu. Meu carro estava muito bom e o evento está de parabéns por funcionar tão bem e pela capacidade de reação diante de um problema como o que tivemos aqui. Nas parte final da prova, infelizmente, perdi o controle do carro e não pude defender as posições que tinha conquistado na parte inicial”, disse Castroneves, que no próximo sábado correrá no Texas.

Posts Relacionados