Na Sprint Race, líderes garantem: ninguém terá vida fácil

terça-feira, 29 de maio de 2012

Depois de uma vitória e um pódio na rodada inaugural, Guilherme Sperafico e Fábio Brecailo prometem "não largar o osso" após integração imediata

Com o pé direito e o nome na história. Foi assim que a dupla formada por Guilherme Sperafico e Fabio Brecailo começou a temporada 2012 da Sprint Race, o mais novo campeonato do automobilismo brasileiro. A dupla, que não se conhecia até pouco tempo atrás, é a atual líder do campeonato com 39 pontos, apenas três à frente de Rodrigo Barone e Marco Garcia na classificação de pilotos.

Apesar de ambos serem paranaenses e Brecailo ter amizade com outros membros do clã Sperafico, a dupla vencedora da primeira corrida da história da Sprint Race nunca havia conversado até serem apresentados pelo organizador Thiago Marques em um dos dias de testes. "Foi o Thiago (Marques) que nos casou. Ele sugeriu. A gente conhecia os primos dele [os gêmeos Rodrigo e Ricardo, além de Rafael, falecido em 2007], conversamos e tivemos uma integração imediata". destaca.

Enquanto Guilherme provava o carro pela primeira vez, Brecailo se reencontrou com o equipamento semelhante, que foi usado na Super Clio em 2006, mas com características bem diferentes. Na comparação, Fabio elogiou o modelo renovado. "Qualquer experiência ajuda. O carro mudou muito o freio, a mecânica é mais lisa, redonda. É um carro ótimo de se pilotar", destaca, endossado por Sperafico. "Este carro tem um estilo de pilotagem parecido com o kart, bem gostoso de pilotar, bem no estilo que eu gosto, e isso ajudou muito".

Os dois, inclusive, não contavam que a química da dupla se mostrasse positiva logo de cara, com uma vitória e um quarto lugar. "Não esperava, foi uma surpresa para nós começar com vitória", ressalta Fabio, enquanto Sperafico queria tanto pilotar que foi direto para o lugar mais alto do pódio: "A ansiedade era grande para pilotar e encontrei uma volta boa mesmo com chuva. Foi uma corrida muito disputada, mas consegui administrar a pressão e vencer pela primeira vez. Foi muito bom."

Para as corridas do dia 10 de junho, no autódromo de Interlagos, Sperafico e Brecailo adotaram uma estratégia curiosa, com o intuito de fazer ambos evoluírem juntos, podendo disputar com os pilotos mais fortes do grid. "Nós vamos intercalar. A cada corrida trocamos o esquema. Por exemplo: na primeira rodada, o Guilherme começou e eu terminei; agora, será o contrário: eu começo e ele termina."

Por fim, depois da vitória inicial, a dupla está com a empolgação em alta para o próximo encontro. "Vamos para cima, não vamos aliviar", destaca Fabio. "Começamos o campeonato bem e tomara que termine assim", completa Guilherme.

Posts Relacionados