Moto 1000 GP: Alan Douglas busca o bicampeonato correndo pela Pitico Race

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Vencedor de sete corridas em 2011, paulista da Pitico Race confirma participação na categoria GP 1000 com uma Kawasaki

Faltando um mês para a abertura da temporada 2012 do Moto 1000 GP, pilotos e equipes começam a definir planos de ação e estratégias para as oito etapas da segunda edição da competição. Criado em 2011, o evento teve Alan Douglas como primeiro campeão em sua classe principal, a GP 1000. Aos 29 anos, o paulista da equipe Pitico Race mostra disposição para manter a fase a partir da primeira etapa, marcada para 17 de junho em Interlagos.

“O espírito é o de manter o título e conseguir o bicampeonato”, afirma o atual campeão, que estará na pista com a mesma Kawasaki ZX10R com que disputou a última rodada dupla do ano passado, no Rio de Janeiro – nas cinco etapas anteriores, havia competido com uma BMW S1000RR. O título de 2011 não seduziu Douglas a utilizar o número 1 – ele inscreveu-se com o 78. “É um número que sempre me deu sorte na motovelocidade”, justifica.

O paulista da Pitico Race cumpriu uma campanha irretocável em 2011. Ele venceu todas as seis corridas que compuseram as três primeiras etapas – foram duas em Interlagos e uma em Brasília. Na quarta etapa, em Santa Cruz do Sul, obteve um segundo e um terceiro lugar. Voltou a vencer na penúltima rodada dupla, em Curitiba, onde também obteve um segundo lugar. No Rio de Janeiro, foi terceiro em uma corrida e abandonou a outra.

O atual campeão tem garantidos os apoios de Kawasaki, Danidrea, Hel Performance e HJC Helmet. “Ainda estou negociando com outras empresas para fechar o orçamento, essa é outra corrida difícil que os pilotos enfrentam. A minha expectativa é das melhores. Tenho um equipamento competitivo, uma equipe ótima. Vai ser um campeonato difícil, muitos pilotos de um nível muito bom estão nessa briga. Vamos para a batalha”, anima-se.

Alan Douglas dos Santos iniciou em 2009 sua carreira como piloto de motociclismo. Já na temporada de estreia, conquistou os títulos do Paulista e do Brasileiro na categoria Pró-Amador. Em 2010, competindo como piloto da Pró-Estreante, foi campeão dos dois campeonatos da categoria Superbike dos quais tomou parte. No ano passado, o primeiro de existência do Moto 1000 GP, dominou a categoria GP 1000, com 11 pódios em 12 corridas.

CALENDÁRIO
A temporada do Moto 1000 GP terá oito etapas: 17 de junho – Interlagos (SP), rodada dupla; 22 de julho – Brasília (DF); 19 de agosto – Curitiba (PR); 23 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS); 21 de outubro – Cascavel (PR); 2 de dezembro – Jacarepaguá (RJ), rodada dupla. A competição tem patrocínio de Petrobras e Lubrax, além de BMW Motorrad e Michelin, e apoio de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto, Bell e W2 Boots.

Posts Relacionados