KART: Victor Uchôa concorre a Prêmio "Atleta do Ano" e ainda sofre dificuldades para planejar temporada

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Kartista lamenta a falta de patrocinadores, mas comemora o reconhecimento público ao ser indicado para concorrer ao Oscar do esporte potiguar

O piloto potiguar Victor Uchôa está com dificuldades para montar o planejamento da temporada 2012, sobretudo por conta da falta de patrocinadores e também devido a uma determinação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), proibindo a participação de pilotos com menos de 13 anos em competições internacionais. No entanto, ele pode se orgulhar dos feitos da temporada passada, por isso, está concorrendo ao Prêmio Dez na categoria "Melhor Atleta". O Prêmio acontece no dia 17 de julho no Olimpo Recepções.

Victor sabe que a concorrência para conquistar o Prêmio Dez é dura, assim como ele sempre enfrenta nas pistas. Todavia, os méritos do kartista o motivam para mais essa vitória. O Prêmio se refere ao ano de 2011, temporada que o kartista se tornou o mais jovem do país a conseguir dois feitos internacionais imensuráveis: um título na Europa e a participação na final de um circuito mundial.

O título na Europa foi a Taça Portugal, conquista que aconteceu no mês de novembro e trouxe grande divulgação para o piloto em terras lusitanas, sendo destaque em publicação da Vroom, principal revista do kart mundial, como também em matérias especiais nos veículos brasileiros Correio Braziliense e Jornal LANCE!. Além disso, a mídia potiguar é parceira do piloto, desde as primeiras corridas.

Antes do título em Portugal, Uchôa já havia conseguido a classificação para a final da última etapa do circuito mundial WSK Master Series, que conta com 96 kartistas de várias partes do planeta. Victor ainda encerrou a temporada sendo o grande destaque da Copa dos Campeões, quando conseguiu número recorde de ultrapassagens. Ele saiu da 35ª e última posição e terminou na oitava colocação, somando 27 ultrapassagens ao longo da prova, encantando o público com o seu talento e deixando uma gama de admiradores também na Espanha.

"2011 foi o melhor ano da minha carreira. Todas as conquistas significaram muito para mim, porque consegui deixar o meu nome marcado no kart mundial. Saí de conquistas nacionais em 2010, quando ganhei a Copa Brasil, o Campeonato Brasileiro e o primeiro lugar no ranking nacional, para um crescimento no cenário internacional. Então, posso dizer que fiquei satisfeito, mas quero surpreender em 2012", destacou o piloto, que exibiu as praias do Rio Grande do Norte em seu kart no ano passado, garantindo a divulgação do estado no mundo e mostrando a identificação do piloto com as origens.

Mesmo reconhecendo a alta concorrência, Victor tem esperança em uma boa votação do júri e consequente conquista do Prêmio "Atleta do Ano". Os adversários são os atletas do UFC, Gleison Tibau e Renan Barão, além do jogador de futebol Wallyson e do atleta de beach soccer André Nascimento.

"Sei o quanto a concorrência é dura, mas na minha vida nada foi fácil, sempre encaro adversários de qualidade. No caso do Prêmio Dez, só o fato de ficar entre os cinco melhores já é um feito, pois nosso estado tem muitos talentos e essa é a categoria mais desejada pelos atletas nesse prêmio, que é o Oscar do esporte potiguar. Até mesmo porque o futebol, beach soccer e MMA são esportes de mais fácil acesso as informações, em relação ao kart. Mas gostaria de aproveitar a oportunidade para convidar o júri a conhecer a importância de uma Taça Portugal e do WSK Master Series para o automobilismo nacional e internacional", ressaltou o kartista.

Enquanto aguarda o resultado do Prêmio, Victor treina intensivamente para os próximos desafios. A prova seguinte é o Campeonato Brasileiro de Kart, que está agendado para acontecer entre os dias 09 e 14 de julho. O Kartódromo do Complexo Beto Carrero, no balneário de Penha, em Santa Catarina, será o palco desse evento nacional.

"Vou seguir focado nos treinamentos, que é o mais importante para que eu possa manter um bom nível e alcançar grandes conquistas na temporada 2012. Sei o quanto é fundamental conseguir um bom resultado, para minha equipe e a Faculdade dos Guararapes, que me apoia nessa jornada. Infelizmente, é até irônico ter uma marca pernambucana como único patrocinador oficial, mas mostra que a visão de futuro daquele estado está avançada em relação ao Rio Grande do Norte", destaca o piloto, que tem também os apoios das seguintes marcas: Escola Lápis de Cor, Casa Norte Beauty e Hotel Sombra e Água Fresca.

Para seguir evoluindo, Victor terá um apoio fundamental para competir em alto nível no Campeonato Brasileiro de 2012. O preparador Dudu Tchê já está confirmado como coaching pessoal do kartista nessa prova nacional. Juntos, Dudu e Uchôa chegaram a final da última etapa do WSK Master Series em 2011 e esperam conseguir novos feitos no Campeonato Brasileiro.

"Dudu é um preparador de grande qualidade. No circuito mundial WSK, ano passado, ele me ajudou muito. Ele é filho de Tchê, que foi quem preparou os motores de Rubens Barrichelo e Ayrton Senna na época deles no kart. Espero que um dia Dudu seja lembrado por ter me preparado também", projeta o kartista Victor Uchôa.

Nesta prova, Victor vai lutar pelo título nas categorias cadete e supercadete. O piloto, que foi campeão nacional em 2010, vai em busca da segunda conquista na competição nacional. Para isso, a equipe dele vem estudando todos os detalhes para conseguir o melhor desenvolvimento do kartista.

Depois do Campeonato Brasileiro, o piloto planeja participações em torneios internacionais, sobretudo na Taça Portugal e Copa dos Campeões na Espanha, eventos nos quais ele teve as grandes conquistas de 2011. A FIA passou a proibir neste ano a participação de pilotos com menos de 13 anos em competições chanceladas pela entidade, mas em torneios a atuação desses garotos segue liberada. Essa determinação certamente irá aumentar a concorrência nos torneios, que deve abranger a elite internacional da categoria. Por isso, é necessário que Victor Uchôa consiga outros investidores.

"Para participar dessas competições, preciso de outras parcerias, como já vem acontecendo com a Faculdade dos Guararapes. É necessário outras empresas entenderem a importância do esporte e apostar nesse mercado. Esse é um convite para todas as empresas do Rio Grande do Norte", enfatiza Uchôa.

Confira mais informações sobre o piloto no site www.victoruchoa.com.br ou no twitter @victoruchoa

Posts Relacionados