GP Mônaco: Webber cerra os dentes e vence

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Mark Webber (Red Bull-Renault) venceu neste domingo o GP de Mônaco, sexta prova do Mundial de F1. Nico Rosberg (Mercedes GP) e Fernando Alonso (Ferrari) completaram o pódio.

O australiano, que largou da "pole position" para somar o segundo triunfo da carreira em Mônaco, é o sexto vencedor diferente em seis provas disputadas na temporada, algo inédito na história da F1.

A ameaça de chuva forte - chegou a "pingar" - trouxe alguma emoção ao final da corrida, com os seis primeiros carros muito perto, mas sem que os pilotos arricassem a ultrapassagem.

Webber acabou por admitir que passou por algumas dificuldades nas últimas voltas, mas cerrou os dentes e agarrou o triunfo.

Com este resultado, Alonso fica isolado na liderança do Mundial, com 76 pontos, mais três do que os pilotos da Red Bull-Renault, Sebastian Vettel (4.º nesta corrida) e Webber - Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) - 5.º - é 4.º, com 63.

O triunfo de Webber surge numa altura em que a Red Bull-Renault é o centro de nova polémica relacionada com outra infração do regulamentos.

O RB8 tem um "buraco" no chão, antes das rodas traseiras, que McLaren, Ferrari e Mercedes estão questionando, de acordo com o "autosport.com".

A próxima prova, o GP do Canadá, será no dia 10 de junho, no circuito de Montreal.

Classificação:

1. Mark Webber (Austrália), Red Bull-Renault, 1h46:06.557
2. Nico Rosberg (Alemanha), Mercedes GP, a 0.643
3. Fernando Alonso (Espanha), Ferrari, a 0.947
4. Sebastian Vettel (Alemanha), Red Bull-Renault, a 1.343
5. Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), McLaren-Mercedes, a 4.101
6. Felipe Massa (Brasil), Ferrari, a 6.195
7. Paul Di Resta (Grã-Bretanha), Force India-Mercedes, a 41.500
8. Niko Hulkenberg (Alemanha), Force India-Mercedes, a 42.500
9. Kimi Raikkonen (Finlândia), Lotus Renault, a 44.000
10. Bruno Senna (Brasil), Williams-Renault, a 44.500
11. Sergio Pérez (México), Sauber-Ferrari, a 1 volta
12. Jean-Éric Vergne (França), Toro Rosso-Ferrari, a 1 volta
13. Heikki Kovalainen (Finlândia), Caterham-Renault, a 1 volta
14. Timo Glock (Alemanha), Marussia-Cosworth, a 1 volta
15. Narain Karthikeyan (Índia), Hispania-Cosworth, a 2 voltas

Mundial de Pilotos (após 6 provas):

1. Alonso, 76 pontos
2. Vettel, 73
3. Webber, 73
4. Hamilton, 63
5. Rosberg, 59
6. Raikkonen, 51
7. Button, 45
8. Grosjean, 35
9. Maldonado, 29
10. Pérez, 22
11. Di Resta, 21
12. Kobayashi, 19
13. Senna, 15
14. Massa, 10
15. Hulkenberg, 7
16. Vergne, 4
17. Schumacher, 2
18. Ricciardo, 2

Mundial de Construtores:

1. Red Bull-Renault, 146
2. McLaren-Mercedes, 108
3. Ferrari, 86
4. Lotus-Renault, 86
5. Mercedes GP, 61
6. Williams-Renault, 44
7. Sauber-Ferrari, 41
8. Force India-Mercedes, 28
9. Toro Rosso-Ferrari, 6

Posts Relacionados