F-Renault Alps: Em Imola, Felipe Fraga busca consistência

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Piloto tocantinense tem como principal objetivo pontuar nas duas corridas do final de semana.

Terceiro colocado em uma das corridas da última etapa da Fórmula Renault Alps no circuito urbano de Pau, na França, Felipe Fraga busca manter o forte ritmo para a terceira rodada dupla da categoria. O desafio é já neste final de semana no circuito de Imola, em San Marino, na Itália. O piloto da Tech1 é o nono colocado na tabela de classificação do campeonato, mas está a menos de 20 pontos do terceiro.

"Por isso é tão importante pontuar bem nas duas corridas. Em Pau eu terminei a primeira corrida em terceiro e na segunda tive que abandonar por causa de um acidente. Com isso, caí de quarto para nono no campeonato", destacou o tocantinense.

É a primeira vez que Fraga, que nasceu em 1995, corre no circuito que é mais conhecido pela morte de Ayrton Senna e Roland Ratzemberger do que propriamente por suas características técnicas. "Na parte técnica, nunca andei, nem em simulador. Temos algumas informações, mas tem mesmo é que entrar na pista para trabalhar, não tem outro jeito. Do ponto de vista emocional, dá um frio na barriga. Eu nasci depois da morte do Ayrton, mas mesmo não o vendo correr ao vivo, tenho vídeos, DVDs, o YouToube tem muita coisa, e mesmo não tendo vivido na mesma época dá para perceber que o cara era diferente", afirmou.

Fraga espera aprender rápido os segredos do traçado de Imola. "Peço a Deus que me guie como me guiou em Pau. Consegui pegar a mão do circuito muito rápido, e espero que isso se repita no final de semana. Seria muito gratificante sair de lá com um bom resultado, por tudo que aquela pista significa para nós, brasileiros", concluiu.

Posts Relacionados