Fernando Alonso: O resultado corresponde ao nosso potencial

sábado, 14 de abril de 2012

O pragmatismo continua a marcar o discurso de Fernando Alonso. Foi assim depois do triunfo na Malásia, que o colocou na liderança do Mundial de Pilotos, e é assim na reação ao 9.º lugar alcançado na qualificação do GP da China.

O atual estado de desvolvimento do Ferrari F2012 é o motivo que deixa o espanhol tão desencantado.

"Sabíamos que seria uma qualificação difícil e isso confirmou-se. Pelo menos conseguimos ficar entre os dez primeiros, à frente de [Sebastien] Vettel", começou dizendo Alonso

"O carro é o que é. As evoluções que trouxemos para este GP foram insuficientes e não nos ajudaram a melhorar o desempenho. O resultado é justo e corresponde ao nosso potencial atual", acrescentou, mostrando-se insatisfeito:

"É claro que não posso estar contente por ser 1 segundo mais lento que o autor da 'pole position', mas não nos resta mais nada a fazer além de trabalhar e lutar por um bom resultado na corrida."

Alonso lidera o campeonato com 35 pontos conquistados nas duas corridas já disputadas (Austrália e Malásia), masi 5 fo que Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes), que fez o 2.º melhor tempo, mas largará do 7.º lugar, pois sofreu uma penalização de 5 postos, por troca da caixa de velocidades no carro.

Posts Relacionados