F-Indy: GP de Long Beach traz várias novidades

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Nova regra nos pits tops, novo integrante do primeiro grupo de treinos livres e dois pilotos sofrendo punições por troca de motor devem agitar uma das pistas mais tradicionais do calendário da Indy

A Fórmula Indy faz neste final de semana sua terceira etapa da temporada 2012. E o palco é um dos circuitos mais charmosos do planeta: o traçado urbano de Long Beach, na Califórnia, com seus 3.166 metros e extensão. Serão 85 voltas em corrida com transmissão ao vivo pelo Bandsports a partir das 17h10 no horário de Brasília.

O brasileiro Helio Castroneves, da Penske, luta para defender sua liderança no campeonato após a vitória em St. Petesbur, na abertura do campeonato, e do terceiro lugar em Barber. Com 86 pontos, o brasileiro é seguido de perto por Scott Dixon, da Ganassi, com 84. Will Power (Penske) com 77, James Hinchcliffe (Andretti) com 60 e Simon Pagenaud (Schmidt-Hamilton) com 58 fecham os cinco primeiros da tabela.

A grande novidade para a terceira etapa do campeonato é a regra dos pit stops sob bandeira amarela, especialmente na área de boxes - o pit lane - para reduzir o tempo gasto durante as bandeiras amarelas.

O pit lane permanecerá aberto durante os momentos de atenção em todo o circuito, mas os pilotos retardatários serão recolocados no fim do pelotão antes da relargada, orientados a se dirigirem aos pits em velocidade reduzida.

O principal objetivo é dar uma relargada mais justa, sem atrapalhar a briga pela liderança, e diminuir o tráfego na área dos pits. "Os boxes têm sido historicamente fechados durante as bandeiras amarelas para não somente manter a ordem do pelotão, mas para também controlar melhor a entrada dos carros antes da abertura dos boxes. Por isso, há um tráfego enorme quando os 26 carros entram ao mesmo tempo" destacou o presidente de competições da IndyCar, Beaux Barfield. Segundo ele, a medida evita uma volta extra sob bandeira amarela, reduzindo o tempo de paralização durante as provas.

Punições - Dois pilotos já entram em desvantagem para a disputa do GP de Long Beach. James Hinchcliffe, da Andretti, e Sebastian Bourdais, da Dragon, perderão dez posições no grid de largada por terem trocado seus motores antes da quilometragem mínima estabelecida por regulamento, que é de 1.850 milhas (cerca de três mil quilômetros). A Dragon-Lotus, de Bourdais, percebeu o problema logo após a prova de Barber; já Hinchcliffe, que é o quarto colocado do campeonato pela Andretti-Chevrolet, teve o propulsor quebrado durante o teste realizado em Sonoma na última terça-feira (10).

Por outro lado, Rubens Barrichello, da KV Racing-Chevrolet, teve concedido o benefício de participar do treino para estreantes - ou para pilotos fora do top-10 do campeonato. Com um jogo extra de pneus, Barrichello terá mais meia hora de pista como todo estreante da categoria, embora não concorra ao título de Rookie of the Year. O brasileiro está exatamente em décimo lugar na disputa.

Confira a programação*:
SEXTA-FEIRA (13.04):
14h00 - 14h30: 1º Treino Livre (Grupo A)
14h30 - 15h00: 1º Treino Livre (Grupo B)
18h15 - 19h15: 2º Treino Livre (Grupos A+B)

SÁBADO (14.04):
14h25 - 11h25: 3º Treino Livre (Grupos A+B)
18h00 - 19h20: Treino Classificatório

DOMINGO (15.04):
13h15 - 13h45: Warm Up
17h10: Largada (85 voltas)
*Horário de Brasília

www.indycar.com

Siga: @IndyCar

Posts Relacionados