Comunicado Oficial “24 Horasde Interlagos”

sábado, 21 de janeiro de 2012

De Antonio de SouzaFilho, promotor da “24 Horas de Interlagos”

Para a ComunidadePaulista e Brasileira do Automobilismo




Prezados Senhores,



A despeito de a SãoPaulo Turismo ter recuado de sua intenção de cobrar uma taxa de R$416 mil para a realização da “24 Horas de Interlagos”, voltandoa adotar a anteriormente estabelecida de R$ 25 mil, a InterlagosEventos vem a público comunicar que a prova permanece adiada, deacordo com o estabelecido pela Federação de Automobilismo de SãoPaulo (FASP), pelos motivos abaixo descritos:


1 – A InterlagosEventos tem sua equipe trabalhando desde maio de 2011 com vista àrealização da “24 Horas de Interlagos”, prova aprovada pelaFASP, avulsa e de caráter regional, logo, sujeita às taxas deeventos regionais;


2 – Ao longo desseperíodo, tendo em vista a magnitude do evento franqueado ao públicoe parte integrante das comemorações oficiais do aniversário dacidade de São Paulo, foram contratadas diversas empresasfornecedoras de serviço e equipamento, assim como mão de obratécnico desportiva especializada e logística para a corrida em si eeventos paralelos e gratuitos de entretenimento ao público, de 25 a29 de janeiro;


3 – Apesar de todosos preparativos por parte da organização, competidores eintegrantes das estruturas de apoio e entretenimento, a Federaçãode Automobilismo de São Paulo tomou a decisão de adiar a prova em16.01.2012, no que foi apoiada pela Interlagos Eventos, até quehouvesse um melhor entendimento sobre a cobrança da nova taxaestabelecida em publicação no Diário Oficial de 28.12.2011;


4 – Visto oadiamento, todas as operações relativas à prova tiveram de sersuspensas com o objetivo de impedir uma escalada ainda maior do jáenorme prejuízo acumulado, com destaque para a retirada do evento dagrade da Rede Globo, da rompimento do acordo com a Bridgestone parafornecimento de pneus e direcionamento, por parte dos fornecedores,do etanol que seria usado na prova, além da suspensão da entregados tanques especiais de combustíveis e torres de abastecimento;


5 – No dia de ontem,19.01.2012, em reunião na sede da São Paulo Turismo, o diretor deevento Everaldo Jr., substituiu a nova taxa pela antiga e solicitou arealização da prova nas datas previstas, em que pesem as gravesconsequências provocadas pelo adiamento, recurso extremo adotadojustamente por causa da elevação de taxas estabelecida pela própriaSão Paulo Turismo;


6 – Embora tendoalertado o diretor de eventos sobre a dificuldade de, em tão poucotempo, reverter uma situação tão grave, o promotor da “24 Horasde Interlagos” esteve até o final da tarde desta sexta-feira,20.01.2012, em contato direto com chefes de equipes, pilotos,fornecedor de pneu, de etanol, emissora de TV e todas as demaisestruturas de prestação de serviço e entretenimento para tentarrealizar a prova;


7 – Constatou opromotor que a reversão se tornou impossível exatamente porque,entre desportistas e fornecedores, houve um efeito em cascata dedesmantelamento das respectivas logísticas e estruturas, ficandoclaro que, em razão das idas e vindas que infelizmente atingiram emcheio o evento, a “24 Horas de Interlagos”, para a datainicialmente prevista, teria deficiência de grid, serviços efornecimento de equipamentos;


8 – Por esse motivo,e também em razão de a São Paulo Turismo não ter se manifestadoaté o final deste dia sobre um formato de colaboração para arealização da prova nas datas originais, não restou outraalternativa a este promotor a não ser manter o adiamentoestabelecido pela FASP e, a partir deste momento, SOLICITAR À SÃOPAULO TURISMO UMA NOVA DATA PARA A REALIZAÇÃO DA “24 HORAS DEINTERLAGOS” 2012.



Atenciosamente,




AntonioDe Souza Filho

Promotorda “24 Horas de Interlagos”

desouza@interlagoseventos.com.br

contato@24horasdeinterlagos.com.br

Posts Relacionados