KART: Victor Uchôa disputa competição internacional na Espanha

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Piloto está desde o início da semana na cidade de El Vendrell, na Espanha, onde participa da Copados Campeões

O kartista potiguar Victor Uchôa está desde o início da semana na cidade de El Vendrell, localizada na Região Metropolitana da Espanha, onde participa da Copa dos Campeões de Kart neste final de semana.

Esse é o último desafio do ano do piloto e ele procurou treinar forte durante a semana, para buscar o melhor desempenho técnico, ficando entre os dez primeiros nos treinos da quinta e sexta-feira. Outro grande desafio está sendo se adaptar as mudanças de temperatura, já que a cidade de El Vendrell está bastante fria.

“É sempre complicado vir a Europa, porque eu que sou brasileiro e estou adaptado a correr no calor,principalmente eu que sou de Natal, a terra do Sol”, declarou o piloto potiguar.

O evento conta com quatro categorias e mais de 100 pilotos inscritos. Victor está participando da categoria Alevin, que conta com kartistas de até 11 anos de idade. Na categoria de Victor, estão inscritos 36 pilotos. Todas as marcas de chassi do mundo estão envolvidas no evento, mas todos os motores são puma.

A categoria de Victor Uchôa conta com 36 pilotos, de sete países diferentes. No entanto, o potiguar é o único não europeu da categoria e ele quer mostrar na Espanha a força do kart brasileiro.

“A Copa dos Campeões é uma grande prova, que envolve a elite do kart espanhol e boa parte dos pilotos da Europa.É uma prova importante, que pode dá um crescimento muito grande na minhacarreira”, disse Victor Uchôa, que é patrocinado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Unimed Natal, Faculdade dos Guararapes, Hotel Sombra e Água Fresca, Ster Bom, Livraria Câmara Cascudo e Escola Lápis de Cor.

A Copa dos Campeões também encerra, anualmente, o calendário de atividades do kartismo mundial e é também a competição mais importante realizada na Espanha. Por isso, conta com pilotos de grande nível técnico.

“Está todo mundo querendo fechar o ano com chave de ouro, buscando ganhar esse título. Vou batalhar muito e espero que dê Brasil na cabeça. Caso não seja possível, um pódio também seria uma vitória e tanto”,comentou Victor Uchôa.

Segundo o kartista, a motivação está muito grande para a realização de uma grande prova, principalmente por conta dos últimos resultados que conquistou. Victor vem embalado porque nas duas últimas provas conseguiu a classificação para a final do WSK Master Series, circuito mundial mais importante do planeta, e depois ganhou o título da Taça Portugal de Kart,primeiro título internacional da carreira do piloto.

“Espero agora ter uma sequência de grandes corridas.Sei o quanto é difícil cada prova e não posso garantir resultados, pois o esporte é imprevisível. O que posso garantir é muita luta para ficar entre osmelhores”, salientou o potiguar.

Posts Relacionados