J.J. Lehto é condenado a dois anos e quatro meses de prisão

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

J.J. Lehto, ex-piloto de Fórmula 1 (Foto: Getty Images) Ex-piloto de Fórmula 1 na década de 1990, Jyrki Järvi Lehto, conhecido na categoria como J.J. Lehto, foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão na Finlândia por causa de um acidente de barco em junho de 2010. Na ocasião, ele estava com um amigo, que morreu com a batida. O finlandês foi acusado de negligência, riscos à segurança e direção perigosa na ocasião.

A investigação do acidente descobriu que Lehto estava no comando do barco a uma velocidade de 79 km/h. O limite no local, o canal Jomalvik na cidade de Tammisaari, era de 5 km/h. Além disso, o ex-piloto estava bêbado. Ele assumiu a culpa perante ao tribunal e já está preso, sem direito a recurso. Lehto admitiu também que não lembra de nada do acidente de barco.

Lehto escapou de uma pena ainda maior, já que a promotoria pediu cinco anos de prisão para o piloto. O barco se chocou com um suporte de uma ponte. Na ocasião ex-piloto, então, teria nadado até a costa para procurar ajuda. O finlandês de 45 anos esteve na Fórmula entre 1989 e 1994. Nestes cinco anos, ele dirigiu carros da Onyx, Scuderia Italia, Sauber and Benetton. Em 2001, voltou a se envolver no mundo da categoria ao comentar os GPs para uma TV finlandesa.

 fonte: globo.com
foto getty images

Posts Relacionados