Bruno Senna diz estar otimista com negociações para 2012

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mesmo sem vaga na equipe em 2012, Bruno Senna agradece o apoio da Lotus Renault. Foto: Aloisio Mauricio /Terra Bruno Senna viu, nesta semana, a sua desejada vaga na Lotus Renault no ano que vem ser ocupada pelo francês Romain Grosjean, que correrá ao lado do finlandês Kimi Raikkonen. No entanto, o brasileiro afirmou em um evento da escuderia, neste sábado, que está confiante em relação às suas possibilidades de permanecer como titular na F1.

"Foi sensacional, na verdade, ter uma chance real na F1 e eles me deram a oportunidade de estar em um lugar muito melhor que do no ano passado, mesmo em julho. Eles me deram uma grande chance de provar o que posso fazer, em algumas ocasiões eu fui bastante competitivo, então é bom saber que em um carro bom eu posso andar bem. Estou ansioso para o próximo ano", disse.

Bruno estreou em 2011 apenas no GP da Bélgica, porém impressionou ao conseguir o Q3 nos treinos classificatórios. No entanto, após pontuar na Itália, caiu de produção. Mesmo assim, vontou que está negociando para manter-se no grid.

"Eu ainda não sei. Estou trabalhando para a próxima temporada, mas eu acho que está muito melhor do que nessa mesma época da temporada passada. Vamos esperar por boas notícias. É difícil falar o que vai acontecer, mas sempre vou ter a Lotus no meu coração", completou.

"Os melhores momentos? O GP da Bélgica foi bom. Em Monza, foi ótimo marcar os primeiros pontos. Em Cingapura eu tive um bom desempenho comparado ao meu companheiro de equipe e eu acho que no Brasil nós tivemos um grande treino classificatório. Foi muito bom, eu acho que mostramos uma boa velocidade", respondeu.

"É sempre especial correr em casa. É uma sensação muito diferente ter todos os fãs torcendo por você e você sempre quer ir bem", acrescentou o brasileiro, que largou em nono em Interlagos, mas teve alguns problemas após um toque em Michael Schumacher na prova.

Apesar de ter perdido lugar para Grosjean, Senna viu o retorno do jovem francês à categoria, juntamente com a vinda de Charles Pic e de alguns outros novos nomes, como muito positiva.

"É bom ver alguns pilotos tendo chances. Eu acho que devemos ver mais jovens pilotos tendo chances na F1 para poder renovar um pouco", concluiu.

fonte: terra.com.br
Foto: Aloisio Mauricio /Terra 

Posts Relacionados